segunda-feira, 31 de outubro de 2011

RECORDAR É VIVER !



Ata da Reunião Comunitária sobre a construção da estrada parque
Local: Colégio Estadual Antonio Quirino
Dia: 21 de Janeiro de 2009
Horário: 10:30

Foi um sucesso sem precedentes a reunião comunitária de consulta que antecede a audiência pública, para a construção da estrada parque. Um total de 114 moradores da região, lotou o auditório do Colégio Estadual Antonio Quirino em Visconde de Mauá e participou ativamente do debate sobre as questões levantadas pela representante da empresa Ferma de Curitiba, Sandra Ramalho e por membros de diferentes setores da comunidade. O presidente da Mauatur, Osvaldo Caniato abriu os trabalhos apresentando Sandra Ramalho, responsável pelo encaminhamento dos estudos que a empresa Ferma terá que fazer para elaboração do Eia-Rima (estudo de impacto ambiental e relatório de impacto ambiental) indispensáveis para a realização da construção da estrada parque.

Depois de explicar o que é o Eia-Rima, e para o que serve, Sandra disse que o objetivo é criar estratégias para minimizar os impactos que as obras certamente causarão em termos ambientais e sociais. Lembrou que os planos diretores para Resende e Itatiaia existem desde 1998, são leis, têm regulamentação, mas não são cumpridos, permitindo o surgimento de núcleos de ocupação irregular, como ocorrem no centro de Maringá, no Lote 10, na Vila de Visconde de Mauá e na Maromba. Dois pontos principais do plano diretor não cumpridos foram: saúde pública e saneamento básico que só agora estão sendo tratados como exigências técnicas para a construção da estrada. Relembrou que, entre os aspectos negativos da obra, está o fato de que os operários vindos de fora usam acampamentos que deveriam ser temporários, estabelecem relações íntimas com mulheres da comunidade e depois vão embora deixando mulheres grávidas ou filhos abandonados, ou fixam residências, geralmente ocupando áreas de forma irregular. Lembrou que a comunidade deve interferir para que isso não ocorra através de denúncias e exigências que as leis e planos diretores sejam cumpridos. Sandra Ramalho vai apresentar um relatório preliminar a Ferma com os contatos que já fez, as observações sobre a ocupação nas diversas vilas e os nomes de treze pessoas que se candidataram na reunião comunitária para ajudarem na fiscalização das obras. Lembrou que a comissão deve ter um perfil técnico para exigir que as instituições próprias ou contratadas pelo Governo do Estado cumpram fielmente o que estabelece o projeto da estrada parque.

A comissão que acompanhará as obras é formada dos seguintes moradores e interessados: Paulo José Fontanezzi – biólogo e Secretário do Meio Ambiente de Resende, Antonio Carlos Iazpeck – engenheiro, Ronaldo Alcaraz – arquiteto, Júlio Buschinelli – do Rosmarinus, Joaquim Moura, da Ama-10, Derek Sharp, comerciante, Ezechyel, engenheiro, Juliana Quinteiro, bióloga, Carlos Eduardo Ferraz, da secretaria de transportes do Rio de Janeiro, Geraldo de Figueiredo Soares, Geomorfólogo Continental, Cláudio Rangel do Gosto com Gosto, Dalrea e Dimas Andrade do Mauá Grill. Sandra explicou que todas as reivindicações feitas e questões levantadas pela comunidade serão levadas à Ferma, que as colocará como reivindicações compensatórias. A primeira pergunta feita pelo morador João Batista foi sobre arestrição a cargas pesadas pela estrada, já que o projeto original prevê limitação em 8 toneladas. Lembrou que um caminhão vazio já pesa quatro toneladas e que o caminhão de gás  pesa 12 toneladas. Disse que transportadores locais, se for mantida a limitação, não poderão trabalhar usando seus atuais caminhões. Propôs que o limite máximo seja elevado para 12 toneladas. Osvaldo considerou a intervenção muito oportuna e propôs um estudo melhor sobre o assunto. Domitila falou da importância de um plano de manejo. Propôs que fosse aberto um livro onde todos pudessem fazer as observações que julgassem importantes, na elaboração do EIA-RIMA . Paulo José Fontanezzi, secretário de meio ambiente de Resende,disponibilizou que esse livro fique no Centro de Gestão Integrada, na vila de Visconde de Mauá, hoje sob a Administração de Dimas Andrade.


Outro assunto discutido foi o da extensão da obra até a Ponte dos Cachorros já que o documento original prevê na rodovia RJ 151 a pavimentação apenas entre a Vila de Visconde de Mauá e Maromba. Osvaldo explicou que um adendo a este documento prevê a continuação da obra contemplando a parte reivindicada. Foi destacado também o impacto positivo que a obra terá na região. Coma melhora significativa do acesso e das condições de transito, haverá uma melhora conseqüente no atendimento médico, com a vinda de novos profissionais, no ensino, nas condições de trabalho e no transporte entre as vilas. Sandra informou que enviará um relatório que servirá de base para os estudos técnicos que a Ferma fará a fim de elaborar o Eia-Rima para a construção da estrada parque. Técnicos da empresa virão a Visconde de Mauá apresentar o trabalho final na audiência pública. Foi pedido que o Eia-Rima seja encaminhado para a comunidade antes da audiência pública, para que possamos estar cientes do seu conteúdo previamente. Osvaldo ficou de pedir aos representantes do governo estadual que nos enviem antecipadamente uma cópia do documento.

domingo, 30 de outubro de 2011

Estrada Mauá - Maringá - Maromba, Sem Manutenção

 Abandono, trecho da RJ 151, parece ser terra de ninguém!


Enquanto o DER finaliza as obras de construção da Estrada Parque (RJ163) Capelinha Visconde de Mauá, a RJ151 trecho entre Visconde de Mauá passando por Maringá até a Vila de Maromba encontra-se em total abandono, com várias crateras. Com a chegada da época das chuvas, este trecho da estrada que esta péssimo, pode ficar ainda pior se nada for feito pelo DER, com o aumento das chuvas em breve até os ônibus provavelmente ficaram alguns dias sem trafegar neste trecho. Como pode o DER gastam milhões na RJ163 e nem um centavo no trecho de maior circulação de veículos e concentração de hoteis e pousadas entre as três principais vilas da Região. As estradas dos Vales, Pavão, Cruzes e Alto da Maromba, são de responsabilidade da Prefeitura de Itatiaia, nesses quase três anos da atual administração municipal nunca foi realizada uma manutenção das estradas, nem a tal Patrol (maquina fazedora de chuvas) aparece nas estradinhas dos vales, será que só seremos lembrados na véspera das eleições do ano que vem?



quinta-feira, 27 de outubro de 2011

MTB CUP 2011 - Visconde de Mauá


"Agulhas Negras MTB CUP"  Neste Domingo (6/11/2011) em Visconde de Mauá irá acontecer a 3ª etapa da tradicional temporada de provas de XCM em Resende. São três etapas na exuberante natureza da Região das Agulhas Negras. Os percursos da primeira e segunda etapa desbravou antigas estradas de fazendas de café, onde teve inicio o ciclo do café no Brasil. A terceira e última prova o cenário são as exuberantes montanhas da região de Visconde de Mauá.  As provas terão single tracks e trechos de endurance com  adrenalina garantida.  O evento oferece premiação de R$3.000,00 em dinheiro nas duas primeiras etapas e R$4.000 na terceira, além de brindes de patrocinadores dividido entre as categorias.”
 Informações TEL: (24) 3354 2552


INEA Voltará a discutir os Cortes de Árvores na Via Dutra

Reunião entre vereadores de Resende e Inea discutem formas  de compensar árvores cortadas  na Via Dutra

A vice-presidente do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), Denise Marçal Rambaldi, afirmou que irá se reunir ainda nesta semana com representantes da concessionária CCR NovaDutra para adotar novas medidas compensatórias ao corte de árvores em Resende. Anteontem, uma comissão formada pelos vereadores Gilmar (DEM), Julianelli (PSB), Barcita Rechuan (DEM) e Pedro Paulo Florenzano (PP) foi ao Inea reclamar novas medidas compensatórias, pois acreditam que as atuais são injustas.
No encontro, os membros da comissão criticaram o fato de a medida compensatória prevista pela retirada das árvores no trecho da Rodovia Presidente Dutra, conhecida como "retão de Resende", ser o reflorestamento do Parque Jurema. Isto porque as árvores são retiradas em Resende e o parque onde será feito o reflorestamento fica em São João de Meriti.

Era Assim...
Ficou assim...
Há cerca de um mês, o presidente da Câmara Municipal de Resende, Kiko Besouchet (PP), já havia manifestado sua indignação com o assunto por meio de uma Ação Civil Pública movida contra a concessionária e nesta semana enviou a comissão para participar do encontro.
- A vice-presidente afirmou que a nossa reivindicação é compreensível, e que o instituto irá se reunir com representantes da concessionária para que sejam tomadas medidas compensatórias mais justas para a cidade - contou Gilmar.
Além de Denise, os parlamentares foram recebidos pelo diretor de Biodiversidade e Áreas Prejudicadas, André Ilha. A dupla, que afirmou considerar as reivindicações compreensíveis e Denise, adiantou algumas propostas. Segundo ela, a proposta inicial do  instituto de pedir o plantio de três hectares, o equivalente a 30 mil metros quadrados, será reformulada, passando a reivindicar o plantio de uma área maior, com aproximadamente 10 hectares,  ou seja, 100 mil metros quadrados. A vice-presidente destacou ainda que o pedido se justifica também por conta de a CCR não ter cumprido parte das obrigações acordadas com o instituto em função do corte das árvores. O vereador Pedro Paulo, por sua vez, disse que o município se sentiu desrespeitado com a atitude da Nova Dutra e a falta de medidas compensatórias adequadas. Ele também sugeriu que a Agência do Meio Ambiente do Município de Resende (Amar) seja convidada a participar das próximas reuniões sobre o tema, já que é o órgão que representa a cidade na área ambiental. Ao término do encontro, Ilha se comprometeu a enviar ao vereador Kiko o resultado oficial das negociações com a CCR, bem como colocar a Câmara de Resende a par de todos os acontecimentos relativos ao assunto.
- Estamos falando da morte de árvores históricas - fato que causou comoção e mobilização de moradores de Resende - avaliou Kiko, acrescentando que considerou a derrubada das árvores desrespeitosa.
Ainda de acordo com o presidente da Câmara, porém, uma vez que o dano está feito, cabe às autoridades do município cobrar medidas compensatórias à altura.
- Infelizmente as árvores já foram cortadas, mas devemos lutar para que os estragos sejam compensados da melhor forma possível, indo às últimas conseqüências para proteger os interesses da nossa cidade - resumiu.

Fonte: www.diariodovale.com.br

terça-feira, 25 de outubro de 2011

RIP - REGIÃO VEM ATRAINDO GRANDES INVESTIMENTOS


  NO ABC FLUMINENSE 
Negócios de 4,7 bilhões

MAN  - Volkswagem - Resende RJ

Nasce uma nova sigla "RIP" Resende - Itatiaia - Porto Real
Na porta da Eraldo Magazine, aberta há três décadas no bairro de Campos Elíseos, em Resende, no Sul Fluminense, o locutor anuncia uma megaliquidação. A queima de estoques ocorre antes das obras que vão triplicar seu espaço no chamado Calçadão, até pouco tempo a principal área comercial da cidade. O movimento retrata o silencioso efeito multiplicador sobre a economia local dos sucessivos projetos bilionários que aportam na cidade e nas vizinhas Porto Real e Itatiaia. O comerciante Eraldo Nunes, dono da loja, decidiu investir R$ 1 milhão na reforma para enfrentar a concorrência do primeiro grande shopping de Resende, aberto há quatro meses.
- A (montadora) Nissan vem aí. Tenho que acompanhar o crescimento da cidade e dos concorrentes - diz Nunes, que abrirá filiais nos bairros do Manejo e Cidade Alegria, onde bancos e lojas de rua começam a chegar.
Segundo a Firjan, os três municípios receberão R$ 4,1 bilhões em investimentos entre 2012 e 2014, o equivalente a 30% dos R$ 14,2 bilhões destinados ao Sul Fluminense no período. É muito, já que 64,8% se concentrarão em Angra dos Reis, por causa da usina nuclear Angra 3. A projeção tem como carro-chefe expansões de montadoras como Peugeot Citröen e MAN - a fabricante de ônibus e caminhões Volkswagen, que na sexta-feira divulgou investimentos de R$ 1 bilhão até 2016 -, além de novos projetos como a fábrica de R$ 2,6 bi da Nissan em Resende. O anúncio feito este mês conferiu à região o apelido de ABC Fluminense.

VEJA REPORTAGEM DA TV RIO SUL: http://riosulnet.globo.com/web/conteudo/18_280555.asp



Crescimento para além da linha de montagem

A reboque do boom automotivo a região passa por uma intensa transformação. As prefeituras locais têm negociados ao menos mais R$ 600 milhões em novos projetos de segmentos como têxtil, cosméticos, siderurgia e logística, o que, somado aos R$ 4,1 bilhões, chega a R$ 4,7 bilhões. Juntos, vão gerar cerca de 2.200 empregos. As empresas são atraídas pela localização privilegiada - 150 quilômetros do Rio e 200 quilômetros de São Paulo - e por pesados incentivos fiscais, como a devolução às empresas de 75% da parte do ICMS que retorna aos municípios. Na carteira da prefeitura de Resende estão fábricas das confecções Politex e Mk-Leen, da fabricante de tubos Armco e da Aehtra Sistemas automotivos. Em Itatiaia, a L'Oréal acerta os detalhes para a instalação de um centro de distribuição que deve empregar 600 pessoas. A sul-coreana Hyundai Heavy Industries já iniciou a terraplanagem de uma fábrica de máquinas pesadas, projeto de US$ 150 milhões. Em novembro, o grupo levará à região 35 fornecedores coreanos, interessados em produzir localmente. E o município está cotado para receber uma nova linha de produção de carros de passeio da Volkswagen. O aumento do fluxo de cargas e pessoas já força as autoridades estaduais e municipais a investir em infraestrutura. Para despachar mercadorias das empresas, a prefeitura de Itatiaia negocia a criação de um segundo ramal ferroviário da MRS, que ligará o Porto do Rio à cidade e será operado pela Multiterminais. Em Resende, o antigo aeroporto da aeronáutica teve que ser adequado às regras da Anac e agora aguarda a liberação de um voo regional que será operado pela aérea Trip.

O comércio e a construção civil locais apresentam desenvolvimento acelerado. A Pátio Mix, administradora focada em cidades de médio porte, inaugurou em junho um shopping center na entrada de Resende, levando âncoras como Riachuelo, C&A e Marisa. O grupo já planeja uma expansão que, além de 40 lojas, inclui uma torre de escritórios com 200 salas. Ali também está o primeiro complexo de cinema digital da cidade, onde as opções de lazer ainda são escassas.
- O comércio evoluiu muito. Antes as pessoas trabalhavam aqui e iam gastar em Volta Redonda, Rio ou São Paulo. Agora esse dinheiro começa a ficar aqui - diz a dentista Maite Barbosa. O incremento da indústria e do comércio tem se traduzido no aumento de salários e geração de empregos na região. Dados do Ministério do Trabalho, compilados pela Fecomércio-RJ, mostram que somente as três cidades do polo automotivo responderam por um terço dos 34.412 empregos formais gerados nos 12 municípios do Médio Paraíba (região do Sul Fluminense que exclui Angra e Paraty) de 2007 a 2010. À exceção de 2009, auge da crise global, os salários pagos em Resende, Itatiaia e Porto Real cresceram acima da média no período. Em Porto Real a remuneração chegou a R$ 2.335,13 em 2010, ante R$ 1.386,45 na média regional. Os possíveis efeitos colaterais de um progresso acelerado, porém, já começam a rondar as cidades. Acostumada a uma vida pacata, a população local reclama do tráfego e da alta do custo de vida. Recentemente, diversas ruas da cidade passaram por obras e tiveram seu sentido modificado para reduzir engarrafamentos. O comércio popular perde espaço para as grandes redes e o descompasso entre demanda e oferta de mão de obra qualificada torna inevitável a importação de profissionais, em especial na construção civil. O preço do metro quadrado dos imóveis dobrou no último ano, para venda e locação, calcula a imobiliária Condial, atuante há 22 anos nesse mercado.


FONTE: www.oglobo.globo.com


REUNIÃO SOBRE PLANO DIRETOR

Ontem (24/10) moradores, comerciantes e representantes de associações de Maringá, Maromba e de toda Região de Visconde de Mauá, compareceram na reunião convocada pela Prefeitura de Itatiaia para discutirem sobre revisão do Plano Diretor do Município de Itatiaia. A reunião aconteceu na Escola Municipal Joaquim Miguel dos Santos, e teve inicio as 18 horas e terminou as 22:20 h. onde os presentes puderam opinar sobre vários temas de grande importância para nossa região, em breve uma próxima reunião vai ser agendada para ter continuidade dos trabalhos iniciados.


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

SECRETARIA ESTADUAL DO AMBIENTE LANÇA LIVRO COM INDICADORES SOCIOAMBIENTAIS

O secretário do Ambiente, Carlos Minc, e a presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, lançam nesta quinta-feira (20/10) o livro O Estado do Ambiente – Indicadores Ambientais do Rio de Janeiro – Ano 2010, um estudo com visão integrada das condições socioeconômicas e ambientais do Estado do Rio de Janeiro. Esta publicação pioneira possibilita o aprimoramento do planejamento do desenvolvimento das diversas regiões do estado, tendo como base ações de sustentabilidade. Trata-se de raios x que indica onde e como promover o crescimento sem a destruição do meio ambiente.

 Na mesma solenidade, a Secretaria do Ambiente e o Inea assinam com a Petrobras um convênio de cooperação em que a estatal se compromete a investir recursos de aproximadamente R$ 1,9 milhão no projeto de elaboração do Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Rio de janeiro – ZEE/RJ.

Com capa dura e diversos mapas coloridos, o livro O Estado do Ambiente – Indicadores Ambientais do Rio de Janeiro – Ano 2010 é baseado na metodologia Pressão – Estado – Resposta (OCDE, 1994), organizando mais de 30 indicadores e índices adotados/desenvolvidos pela Secretaria do Ambiente e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) em relação às condições socioambientais de pressão existentes no estado. A publicação divulga os projetos e programas desenvolvidos no âmbito dessas duas instituições para responder a essa realidade.

Ao disponibilizar mapas temáticos e de indicadores, o livro O Estado do Ambiente permite que seja bem observado, por exemplo, o potencial de desenvolvimento econômico regional, os grandes projetos estruturantes, a geração energética atual, a disponibilidade hídrica e a vulnerabilidade socioeconômica do Rio de Janeiro. Ao correlacionar variáveis como essas, a publicação indica as áreas que mais necessitam de investimentos ou são mais oportunas para investimentos, bem como aquelas mais propícias para a conservação e restauração ambiental, segundo parâmetros como a ameaça à biodiversidade e a necessidade de manutenção dos recursos hídricos.

A disponibilização e a adoção pública desses indicadores ambientais – que também ficarão disponíveis para download nos sites da Secretaria do Ambiente e do Inea – possibilitarão ações de planejamento e metas de governo, além de aprimorar o monitoramento, licenciamento e fiscalização, que são atribuições da Secretaria do Ambiente e do Inea.

Fonte: www.rj.gov.br

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

SECRETÁRIO DE SAÚDE FEZ REUNIÃO NO POSTO DE SAÚDE de MAROMBA

DEU NO JORNAL

Folha Fluminense
03/09/2011
Secretário de Saúde se reúne com moradores em Maromba

Com o objetivo de solicitar melhorias para o Posto de Saúde de Maromba, moradores, líderes comunitários e funcionários da unidade se reuniram com o secretário de Saúde de Itatiaia, João Ferreira Lima. O encontro aconteceu na manhã de terça-feira, 30/08/11, no Posto de Saúde de Maromba, situado na Praça da Maromba.
Dentre as pautas colocadas na reunião pelos moradores, foi a necessidade de mais uma ambulância para atender os casos de emergência do distrito. "Precisamos de uma ambulância nova, porque a que fica aqui sempre dá problema. Além disso, é necessário balão de oxigênio e também um telefone para o motorista da ambulância, que precisamos entrar em contato" relatou uma moradora.
Segundo a secretaria de Saúde, após a reunião, ficou decidido que será enviada uma ambulância maior e com mais equipamentos. A secretaria também informou que enviará equipamentos como: eletrocardiógrafo e carrinho de parada com medicamentos para parada cardíaca; desfibrilador; sondas; laringoscópio e outros, que também já está em licitação.
Além deste, o secretário de Saúde, João Ferreira Lima informou que serão implantados no PSF de Maromba: Um trabalho maior de capacitação, com base no plano de contingência de combate à dengue, com os agentes comunitários de saúde (ACS) para informação e prevenção da Dengue;aplicações e reformas do PSF Maromba, que já está planejado e em licitação e trabalhos em conjunto com outras cidades próximas para melhoria no atendimento à comunidade.

 Fonte: www.folhafluminense.com


FICA AQUI O REGISTRO
A ASSOMAR (associação de Moradores de Amigos de Maringá, Maromba, Pavão e Cruzes) não foi convidada para participar desta reunião no posto de Saúde em Maromba.
No mesmo dia e horário acontecia em Maringá no centro administrativo, uma reunião com os Secretários de Planejamento, Turismo e Ordem Publica, nesta reunião estavam presentes os representantes da ASSOMAR, pois para esta reunião recebemos o convite.

Já estamos no dia14 de Outubro e ainda não foi feita a troca da Ambulância conforme prometido na reunião do dia 30 de Agosto no posto de saúde, será que essa tal reunião e todas as promessas de melhorias no posto de saúde vão cair no esquecimento até que novamente aconteça um caso de emergência com consequências graves ou fatais, para novamente aparecer o secretário de saúde com as mesmas promessas! Os ofícios enviados pela ASSOMAR pedindo a troca da ambulância por uma AMBULÂNCIA de VERDADE e em condições de socorrer as pessoas em casos de emergência nunca foram respondidos.

 ESTA FOI A AMBULÂNCIA PROMETIDA PARA FICAR NO POSTO DE SAÚDE EM MAROMBA
MAS...
AINDA CONTINUA ESTE CARRO DE CARGA , ADAPTADO DE AMBULÂNCIA PARA FAZER ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIA, ATÉ QUANDO?

REUNIÃO SOBRE PLANO DIRETOR


ATENÇÃO MORADOR, SUA PRESENÇA É MUITO IMPORTANTE - COMPAREÇA!
REUNIÃO SOBRE REVISÃO DO PLANO DIRETOR de ITATIAIA

DIA 24 DE OUTUBRO - SEGUNDA FEIRA
AS 18:00 HORAS
local:
ESCOLA MUNICIPAL da MAROMBA
O Plano Diretor é o instrumento básico da política de desenvolvimento do Município. Sua principal finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural na oferta dos serviços públicos essenciais, visando assegurar melhores condições de vida para a população. O Plano Diretor reflete os anseios da comunidade e deve indicar os caminhos para construir uma cidade melhor. 
  

terça-feira, 11 de outubro de 2011

JOGUE LIMPO COM O RIO PRETO




Os movimentos, SOS Rio Preto e Jogue Limpo Com o Rio Preto teve inicio na década de 80, estes movimentos sempre promoveram uma série de ações de conscientização e prática para limpeza do principal rio da região.


O evento já teve quinze edições desde a década de oitenta sendo que sua última edição já tem quase dez anos. E em 2011 acontecerá mais uma edição do movimento, "Jogue Limpo Com o Rio Preto" de 11 a 14 de Novembro, e  este ano conta com o apoio do INEA (Instituto Estadual do Ambiente), responsável pela educação ambiental da região de Visconde de Mauá com a construção da estrada-parque, que liga Visconde de Mauá a Via Dutra em Penedo. O movimento começará na Cachoeira do Escorrega e irá até a localidade de Rio Preto.

RETROSPECTIVA DO FOLHA DA SERRA

Desde Agosto de 1988 a região de Visconde de Mauá quer ser exemplo organizado de desenvolvimento sustentável. Nesta ocasião, aconteceu o 1º Encontro de ArteEcologia onde se debateu o progresso e desenvolvimento com organização da sociedade. Em Abril de 1990 a Feema (Fundação Estadual do Meio Ambiente) começou cursos de educação ambiental e construção de fossas e sumidouros visando a preservação das águas do Rio Preto, principal atrativo do turismo em Visconde de Mauá.
Em maio de 1990 organizado por Norma Bulher, na época do conselho do meio ambiente de Itatiaia, em conjunto com os agentes de meio ambiente de Maringá, Maromba, Visconde de Mauá, Amar-Mauá (associação extinta) e Mauatur discutiu-se as condições de balneabilidade do Rio Preto.
Em 1992, o movimento ecológico SOS Rio Preto,foi o evento de enceramento oficial do X Salão de Inverno de Visconde de Mauá, como o tema "Memória e Água Doce" organizado pela Amar-Mauá.
Em Agosto de 1993 no 3º Encontro das Comunidades de Vale do Rio Preto o slogan era "Água a riqueza da Mantiqueira", ecologistas e crianças promoveram mutirão de limpeza e durante o evento aconteceu teatro, poesia e música.
O Rio Preto é o último grande rio no estado do Rio de Janeiro que ainda não é poluído por quaisquer resíduos industriais. As organizadoras do 3º SOS Rio Preto foram, Vera Bulher e Sónia Bettencourt .
Em Dezembro 1997, o movimento Jogue Limpo com o Rio Preto teve apoio das três prefeituras: Resende, Itatiaia e Bocaina de Minas. As crianças compareceram e se divertiram com as brincadeiras e o teatro ecológico do Poeta Milton Aguiar.
Em 1999, o 8º Jogue Limpo com o Rio Preto começou com um bingo e terminou com oficina de artes plásticas no campo de futebol na vila de Visconde de Mauá. Outra atividade foi a discussão  do comitê de gerenciamento da bacia hidrográfica do Rio Preto e inaugurou-se o Centro de Estudos da Micro Bacia do Alto do Rio Preto que lançou uma pesquisa para estudar a ecologia em Visconde de Mauá com a campanha "Integre-se e entregue-se!
Em 2000 o movimento Jogue Limpo com o Rio Preto, Reuniu poucos mas valeu a pena apesar das dificuldade de mobilizar autoridades.

Iª OKTOBERFEST de VISCONDE de MAUÁ

 DIA 29 de OUTUBRO - SÁBADO
Inicio as 12:00h. até as 24:00h.

Local:  Restaurante Champignon
Espaço Biergarten
Alameda Gastronômica Tia Sofia
MARINGÁ MG

 CONVITES LIMITADOS!

CONVITES INDIVIDUAIS ANTECIPADOS
ATÉ 28/10 A R$39,90
Convites com desconto para associados
 da Assomar e Mauatur a R$ 35,00
Convites no dia R$ 45,00

COM DIREITO A:
1 CAMISA DO EVENTO
1 CANECA DO EVENTO
1 PRATO TÍPICO ALEMÃO
2 CERVEJAS ARTESANAIS (Serra Gelada)
Reservas: (24) 33871210 - 33871523

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

PROGRAMA DE COMBATE AO TABAGISMO


O posto de Saúde de Maromba está realizando inscrições para o novo grupo de Combate ao Tabagismo, que terá inicio em Novembro de 2011.
FAÇA JÁ SUA INSCRIÇÃO NO POSTO DE SAÚDE EM MAROMBA OU COM O AGENTE COMUNITÁRIO.

POSTO DE SAÚDE DE MAROMBA - TEL: 33871276

Posto de Saúde - EXAME PREVENTIVO

Neste Mês de Outubro o posto de saúde de Maromba, estará intensificando as coletas de exame de preventivo para todas as mulheres. Agende seu exame com antecedência direto no posto de saúde da Maromba ou com seu agente de saúde.
Posto de Saúde Maromba - TEL: 33871276



quarta-feira, 5 de outubro de 2011

FEIJOADA BENEFICENTE PARA CRECHE


A CRECHE MUNICIPAL ANTÔNIA DOS SANTOS PAIVA
ATENDE A COMUNIDADE DE MARINGÁ, MAROMBA, PAVÃO E CRUZES
Estrada Maringá Maromba S/nº - Itatiaia RJ


COMPRE SEU INGRESSO NO CENTRO DE MARINGÁ NA LOJA BA.BAU!
TEL: 33871245

domingo, 2 de outubro de 2011

15.000 VISITAS!



Ultrapassamos a marca de 15.000 visitas...
Fechamos Setembro como o mês campeão de acessos, nossa média de visitas tem crescido a cada  semana, dia a dia, nesses poucos meses de existência conquistamos leitores fiéis. Percebemos isso através dos comentários publicados no BLOG, das ruas, e do nosso contador de visitas que tem mostrado nossas estrelas brilhando em várias cidades do nosso Brasil e em todos os continentes.


OBRIGADO PELAS VISITAS! 
Sinta-se avontade  para escrever seus comentários ou sigerir temas.