segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS ESTÃO AI, E OS CANDIDATOS JÁ ESTÃO EM PRÉ CAMPANHA

Câmara Municipal, nesta legislatura 2009 - 2012, que se encontra em seu último ano de mandato. Os atuais vereadores de Itatiaia nunca compareceram (mesmo os que aqui tiveram votos), nas Vilas de Maringá e Maromba, Vales do Pavão e Cruzes, para trabalhar e fazer o papel de representantes do povo deste município. Os nossos problemas do dia a dia, limpeza das ruas e cachoeiras, coleta de lixo, estradas precisando de manutenção, transporte público, saúde, educação e tantos outros problemas que deveriam ser encampados pelos vereadores e encaminhados ao poder executivo de nosso município e estado, em busca de soluções. Isso nunca aconteceu!
Agora com as eleições municipais se aproximando, é bem provável que veremos muitos dos atuais vereadores, ex-vereadores e candidatos a prefeito novamente visitando a nossa região em busca dos votos, com antigas e novas promessas, após quatro anos sem aparecer aqui na serra.

Não se iluda com as bondades dos candidatos em ano eleitoral como: doações de cestas básicas, matérias de construção e outros tipos de ajuda eleitoreira. E você morador e eleitor, é responsável pela escolha desses representantes com o seu voto, então, lembre-se  que estamos em período pré eleitoral, essas bondades tem data e prazo para acabar.
Esqueça as bondades em período eleitoral e as ladainhas de cabos eleitorais. Não é por aí que você vai descobrir quem é cada uma daquelas figuras que estão tentando ocupar uma cadeira na câmara municipal ou na Prefeitura, através do seu voto. Ai você só vai ter noção de quem fala bem, tem  boa lábia e carisma. E isso conta Zero na hora de colocar a mão na massa. Não confie nas publicações, (jornais que só aparecem em ano eleitoral), propaganda eleitoral no rádio e comícios, são truques assim como nas novelas para emocionar o eleitor recomendado por um especialista em marketing político.
Não leve tão a sério os programas de governo dos candidatos. Programas de Governo dos candidatos não são uma fonte boa para avaliá-los, porque em geral os políticos não têm o menor compromisso com eles. Programas de governo é um documento feito pelos partidos que contratam profissionais para fazê-lo junto com profissional de marketing, e só tem um objetivo: falar o que as pesquisas qualitativas apontam para vencer a eleição.


Há dois pontos básicos a serem avaliados,  1º "Diga-me com quem andas que te direi quem és" 2º Conheça o seu passado. "O principal no discurso de um político é verificar até que ponto aquilo que ele diz é condizente com aquilo que ele fez quando estava em um cargo público", prestar bem atenção em quem são as pessoas próximas ao candidato é essencial. Não só seus colegas de partido, mas seus amigos e investidores. Fiquem atentos também a candidatos que tentam se desvincular de seu próprio passado, com um discurso do tipo "esqueçam o meu passado. Todo mundo erra"! E daqueles candidatos cujas credenciais democráticas não sejam muito nítidas, ou seja: se mostra com um viés autoritário, sem muito respeito por questões como liberdade de opinião, direitos individuais em geral.
Além disso, não vá na conversa de quem fica o tempo todo apontando defeito em seus opositores e acusando-os de "falta de vontade política". Em política, não basta querer. Fazer o eleitor acreditar nisso é vender ilusões, procure saber do passado do candidato e ai você vai saber se o discurso que ele faz hoje ou declara à imprensa condiz com a atuação dele no passado.

Voto: nulo, branco ou legenda
Ao contrario do que muita gente pensa, votar nulo não é a mesma coisa de votar em branco.  O voto em branco é o voto da apatia, quem vota em branco está dizendo: "eu não estou nem ai para estas eleições, não gosto de política, escolham por mim".
Já o voto nulo é uma forma de protesto, votando  nulo você estará dizendo: " não gosto destes candidatos, não me sinto representado por nenhum deles".
E o voto de legenda? Votando assim você poderá estar ajudando a eleger um candidato qualquer, até um corrupto indiretamente. Pois se o teu candidato não for eleito com o seu voto, o voto vai para o partido ou coligação, ajudando a eleger qualquer um da coligação, depois a população fica se perguntando, como fulano saiu pela porta dos fundos e agora o povo o elegeu novamente?



sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

PREFEITURA DE ITATIAIA ASSUME TRECHO DA RJ-151 ENTRE MARINGÁ E MAROMBA

No feriado de carnaval o trecho da RJ-151 entre Maringá e Maromba já municipalizado contou com a atuação da Guarda Municipal multando os motoristas infratores que estacionaram em locais proibidos. O que  não acontecia antes por a que RJ-151 neste trecho era de domínio do governo do estado.
Governo do estado municipalizou trecho da RJ-151



O feriado de carnaval na região de Visconde de Mauá transcorreu num clima de muita tranquilidade sem registros de quaisquer problemas. 

ASSOMAR TEVE REUNIÕES COM O PREFEITO DE ITATIAIA E O SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO


Dia 9 de fevereiro, representantes da ASSOMAR participaram de reunião com o prefeito de Itatiaia, no centro administrativo regional na Vila de Maringá, onde a ASSOMAR encaminhou algumas reivindicações de nossa região ao Prefeito de Itatiaia sr. Luís Carlos Ypê. Implantação de coleta seletiva dos lixos reciclaveis, funcionamento do posto de saúde durante o feriado de carnaval, pedido de uma ambulância para o posto de saúde de Maromba, que seja um veículo novo e em condições de transportar as pessoas com conforto e segurança, pois estamos em média a 60Km do hospital municipal de Itatiaia, reforço no efetivo da Guarda Municipal para o feriado de carnaval, reforma dos pontos de ônibus (Stª Clara, Pingo de Mel, Refazenda, Pavão e Gavea), recapeamento dos buracos do asfalto nas vilas de Maringá e Maromba, melhora nas condições das estradas entre  as vilas e vales, iluminação para o campo de futebol, falamos também sobre os problemas da estação de tratamento de esgoto de Maringá.
Solicitamos providências por parte da prefeitura de Itatiaia junto ao DETRO com relação aos problemas enfrentados por moradores e turistas com os ônibus da Viação Resendense.
        

E também no último dia 14 de fevereiro, no centro administrativo regional na Vila de Maringá, representantes da ASSOMAR participaram de reunião com o secretário de Meio ambiente de Itatiaia Sr. Domingos Baumgratz. Onde os seguintes assuntos foram tratados, ETE (estação de tratamento de esgoto) de Maringá que por motivo de quebra de duas bombas a elevatória parou de bombear o esgoto até a estação de tratamento de esgoto. Implantação de coleta seletiva em Maringá, Maromba e Vales parcela Itatiaia, coleta do lixo comum e os problemas com o caminhão e horários de coleta, qualidade da Água que abastece a escola municipal. O secretário de meio ambiente Sr. Domingos Baumgratz ficou de dar uma resposta em breve sobre a implantação da coleta seletiva em nossa região.
No dia 18 de Fevereiro o secretário de Ordem Pública Sr. Nilson Neves compareceu a reunião agendada com moradores da região na Vila de Maromba, onde os moradores solicitaram reforço no policiamento durante o feriado de carnaval e reforço no efetivo da Guarda Municipal para auxiliar o transito na estrada de acesso as cachoeiras do alto da Maromba.

Ofícios encaminhados a prefeitura de Itatiaia, assuntos, ambulância e os problemas com a Viação Resendense




* * *


Ofício entregue ao prefeito relatando sobre as necessidades da região ter uma ambulância nova

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

GOVERNO DO ESTADO MUNICIPALIZA TRECHO da RJ-151


Decreto do governo do estado do Rio de Janeiro municipaliza o trecho da RJ-151 situado entre as localidades de Maringá e Maromba no município de Itatiaia, que atualmente possui características de via urbana. O trecho excluído da RJ-151 é de aproximadamente 3,5 KM, que após a publicação do decreto no diário oficial passa a integrar a malha viária Municipal sob a circunscrição do Município de Itatiaia.






  




quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

ICMBio - Parque Nacional do Itatiaia demarca limites de propriedade comprada ano passado no alto da Maromba

Cachoeira do Escorrega - Alto da Maromba
Hoje Quinta Feira 16/02, uma equipe de funcionários do ICMBio acompanhados do chefe do Parque Nacional do Itatiaia Sr.Walter Behr, estiveram na Cachoeira do Escorrega fixando os marcos da divisa do Parque Nacional e propriedades vizinhas a Cachoeira do Escorrega.

Propriedade adquirida pelo ICMBio  em Visconde de Mauá Clique Aqui



Os marcos foram fixados na divisa com as propriedades que ficam no largo de acesso a  cachoeira do Escorrega

Cachoeira do Escorrega

Desde muito tempo o portão e as cercas da propriedade adquirida pelo ICMBIO não incluem a cachoeira do Escorrega e nem o largo ao lado da cachoeira, onde funciona a feira de artesanato. A Cachoeira do Escorrega sempre teve acesso público desde sempre, a estradinha estreita de acesso a Cachoeira do Escorrega sempre terminou na cachoeira, Mais os marcos hoje colocados pelo ICMBIO,  incluem a cachoeira e o final do acesso da estradinha dentro das terras do Parque Nacional do Itatiaia.
A direção do Parque Nacional do Itatiaia - ICMBIO poderia esclarecer em reunião aqui em Mauá, várias duvidas de moradores e turistas em relação a divisa do parque e cobrança de ingresso para visitar a Cachoeira do Escorrega como foi noticiado por vários jornais. 
Matéria sobre cobrança de ingresso clique aqui 

Destaque em verde a cerca que hoje existe na propriedade adquirida pelo ICMBio ao lado da Cachoeira do escorrega

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

CHAMA ESCOLAR

Prefeitura Municipal de Itatiaia

CRECHE MUNICIPAL ANTÔNIA DOS SANTOS PAIVA - MAROMBA 

ESTÃO ABERTAS AS INCRIÇÕES PARA COMPLETAR AS VAGAS REFERENTES:
Maternal I (2 anos a 2 anos e 11 meses) 3 vagas
Maternal II (3 anos a 3 anos e 11 meses) 1 vaga

Período da chamada: de 16 de Fevereiro a 16 de Março de 2012
Local: Creche Municipal Antônia dos Santos Paiva
Estrada Maringá - Maromba  


CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO:
  • RISCO SOCIAL
  • MORADOR DO MUNICÍPIO DE ITATIAIA
  • MENOR DE IDADE
  • MÃE QUE TRABALHA

O responsável deverá efetuar a chamada escolar munido dos seguintes documentos: certidão de nascimento; comprovante de residência; comprovante de trabalho e CPF do responsável



sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO DE MARINGÁ, BOMBAS DA ELEVATÓRIA VOLTAM A FUNCIONAR


Nesta quinta feira 9 de fevereiro uma equipe da SAAB (Saneamento Ambiental Águas do Brasil) esteve na elevatória de Maringá para fazer os reparos nas bombas.

Hoje 10/02/2012, estivemos na elevatória de Maringá e as bombas estavam em funcionamento.

Também encontramos com uma equipe da empresa Água das Agulhas Negras realizando a troca da tampa do esgoto que estava quebrada em Maringá.



Matéria anterior sobre ETE sem funcionar Veja Aqui

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO DE MARINGÁ NÃO ESTA FUNCIONANDO

Estações de tratamento de esgoto de Maringá e Maromba foram inauguradas
 em 9 de Dezembro de 2011 pelo governador  Sergio Cabral

Nesta quarta feira dia 8 de fevereiro, moradores vizinhos a elevatória de Maringá, procuraram a Associação de Moradores (ASSOMAR) para informar que aproximadamente, a uma semana não escutam mais as bombas da elevatória funcionando, e que tem sentido forte cheiro de esgoto no local. Fomos conferir, nos dirigimos até a estação de tratamento de esgotos de Maringá, o funcionário de plantão confirmou que a uma semana  que não chega esgoto algum até a ETE de Maringá.

Fomos até a elevatória e procuramos o cano ladrão, que vaza o esgoto da elevatória em caso que falha das bombas. E encontramos uma manilha onde o cano do ladrão da elevatória desagua  seguindo por uma vala que leva até o Rio Preto.

E realmente o esgoto esta vazando pelo cano ladrão da elevatória e sendo jogado todo no Rio Preto,  o esgoto esta chegando ao Rio Preto na curva atrás da pausada Chalés do Lago.

Na terça feira dia 7 de fevereiro, esteve em Maringá um Funcionário da empresa Aguas das Agulhas Negras acompanhado de uma jornalista e fazendo entrevista sobre como estaria o funcionamento das Estações de Tratamento de Esgoto da região.  A empresa Água das Agulhas Negras  trouce uma jornalista para fazer matéria sobre o bom funcionamento das ETEs. Para que fazer matéria sobre o bom funcionamento das ETEs mesmo quanto é sabido que não esta funcionando? Já que os funcionários  da  empresa Água das Agulhas Negras, já sabiam, que o esgoto está sendo jogado todo no Rio Preto por uma semana. Pelo menos, (pelas informações dos moradores vizinhos a elevatória e dos propios funcionários da empresa).
O INEA (Instituto Estadual do Ambiente) é o orgão do governo do estado que deveria fiscalizar como esta a operação das estações de tratamento de esgoto da região, pois, pelas informações prestadas em muitas reuniões acontecidas em Mauá, o INEA contratou a empresa Água das Agulhas Negras para operar o funcionamento das três estações de tratamento de esgoto, Mauá, Maringá e Maromba.
Será que em uma semana nenhuma providência foi tomada pelos responsáveis para fazer os reparos na elevatória de Maringá? Será que não cabe a Secretária de Meio Ambiente de Itatiaia multar esta empresa, ou cobrar os reparos urgentes das bombas. 
A secretaria de Meio Ambiente de Itatiaia deveria participar de tudo que está sendo feito pelo governo do estado no que se refere a pasta de meio ambiente dentro do município de Itatiaia. Esta obra do esgoto em Maringá e Maromba desde o inicio do atual governo (2009), que os moradores da parcela Itatiaia da região de Visconde de Mauá, vem pedindo a participação da prefeitura de Itatiaia nestas obras do esgoto. Mais não temos visto o menor interesse por parte da prefeitura de Itatiaia em tomar conhecimento do que está sendo feito nas obras de Maringá e Maromba. A população está totalmente perdida sem saber para quem ou onde devemos fazer as reclamações dos problemas que tem aparecido nas obras do esgoto, INEA, Água das Agulhas Negras ou Prefeitura de Itatiaia. Pelo que temos visto ninguém fiscaliza nada e as tampas de ferro vivem quebradas pelas ruas das vilas, podendo acontecer acidentes e pessoas caírem dentro do esgoto. Muito dinheiro público foi investido nesta obra para o esgoto estar hoje, sendo todo jogado no Rio Preto.



ATUALIZAÇÃO
Nesta quinta feira dia 9 de fevereiro uma equipe da SAAB (Saneamento Ambiental Águas do Brasil) esteve na elevatória  realizando os reparos nas bombas.
Hoje fomos até o local da elevatória e a bomba estava em funcionamento.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

REUNIÃO COM REPRESENTANTES DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO de JANEIRO

Nesta quinta feira dia 02 de fevereiro no clube Visconde de Mauá, aconteceu reunião convocada pelo Conselho Gestor, entre moradores e representantes do Governo do estado do Rio de Janeiro. Da SEOBRAS, Srª.Carmem Lúcia Petraglia (coordenadora de projetos) do DER-RJ,  Sr. José Roberto Rosadas ( DER-RJ  5ª Residência - Sul Fluminense).

Carmen Lúcia, Paulo Fontanezzi e José Roberto 

A reunião foi aberta pelo coordenador do Conselho Gestor, Paulo José Fontanezzi (presidente da AMAR - Agência do Meio Ambiente de Resende), que de imediato convidou a engenheria Carmen Lúcia Petraglia a iniciar sua exposição a respeito dos projetos de urbanização das vilas de Mauá, Lote-10, Maringá e Maromba.
A Sra. Carmen Lúcia iniciou sua apresentação, falando que obras da RJ-151 estão paralisadas por motivos judiciais, incluindo dois adiamentos da licitação para contratar a obra (um em setembro e outro na virada do ano), por exigências do TCE - Tribunal de Contas do Estado - e , também a decisão da justiça estadual (em dezembro) de suspender a Licença de Instalação da obra concedida pelo INEA ao DER-RJ, a pedido do Ministério Público.
Ela ainda esclareceu que, apesar do adiamento da licitação, os recursos do trecho Mauá - Maringá estão garantidos pelo Ministério do Turismo. Os recursos para o trecho Mauá - Ponte dos Cachorros são de administração direta do DER-RJ, assim como provavelmente será no trecho Maringá - Maromba. O motivo para essa divisão na origem dos recursos deve-se ao fato de que o trecho Mauá - Maringá requer obras de estrutura (construção de duas pontes) que requerem licitação por parte do DER.


No caso das vilas, as obras da vila de Visconde de Mauá atrasaram muito porque a empresa contratada, apesar de seus quase sete meses de trabalho, só conseguiu receber duas faturas. Existe promessa de que nesse mês (fevereiro) mais duas faturas serão pagas e que, então, o ritmo dos trabalhos será retomado e a  finalização das obras na Vila de Mauá deverá ocorrer em junho de 2012, embora a previsão inicial fosse abril.
Obras na Vila de Visconde de Mauá

A urbanização das vilas de Maringá e Maromba ainda não foi licitada apesar de seus projetos estarem prontos e aprovados, inclusive pela prefeitura de Itatiaia. O atraso nesse processo deveu-se ao fato do Programa de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR) só ter sido assinado no final de 2011. Nesse ano de 2012, as obras começarão a receber os recursos do PRODETUR. Os recursos para a Estrada-Parque correram o risco de serem perdidos, caso o estado não tivesse sido capaz de faturá-lo no ano de 2011, mas o faturamento foi conseguido através das obras de readequação ambiental (cercamento das zoopassagens, zoopassagens aéreas e pórtico).

O Sr. Rui Saldanha (Secretário de Planejamento do Município de Itatiaia) pediu a palavra para esclarecer que a aprovação da prefeitura ao plano apresentado foi dada unicamente como forma de garantia de recursos para o estado. Ele relembrou que já existem linhas de comunicação entre a prefeitura e as comunidades de Maringá e Maromba, e que já havia ocorrido um encontro com o arquiteto Paulo Gustavo (SEOBRAS), no qual os trechos das vilas foram percorridos e preliminarmente discutidos, inclusive tendo sido citada uma reinvidicação da comunidade de Maromba com relação à sua igreja.
O secretário também lembrou que no projeto inicial, o trecho entre as vilas de Maringá e Maromba não tinha sido contemplado com pavimentação, e que ele havia conversado pessoalmente com os Srs. José Roberto Rosadas (DER-RJ), Henrique Ribeiro (presidente do DER-RJ) e Luís Fernando “Pezão” (vice-governador do RJ) para tentar fazer uma composição sobre o assunto. Ele ainda não sabe dizer se esse ponto foi revisto, ou não.
A Sra. Carmen Lúcia afirmou que a SEOBRAS tem um convênio firmado com o SEBRAE e que dois tópicos específicos desse acordo dizem respeito as criações de um parque municipal (em Mauá atrás da escola estadual) e um Plano de Ordenamento Urbano da região, e que esse plano provavelmente resultará em reflexos sobre os planos municipais. Ela deu sequência afirmando que, até onde ela tem conhecimento, o SEBRAE já estaria tratando diretamente com as prefeituras. O secretário de planejamento de Itatiaia Rui Saldanha respondeu que Itatiaia está no processo de atualizar o seu Plano Diretor, ela pediu confirmação de que o SEBRAE estaria participando desse processo, ele respondeu que o SEBRAE compareceu a uma reunião, mas que ele não sabia que estariam trabalhando em um plano regional.

A Sra. Carmen explicou que esse acordo com o SEBRAE é recente, e que está sendo financiado pelo próprio SEBRAE. O acordo foi fechado com o SEBRAE justamente pelo fato de, o estado do RJ, não pode trabalhar no território de MG enquanto que o SEBRAE-MG pode. O estado só participa. São R$400 mil de recursos do SEBRAE e R$ 80 mil do estado, sendo que o valor de recurso do estado só pode ser aplicado no território do RJ. Ela encerrou o assunto afirmando que solicitaria que o SEBRAE promovesse um encontro com as prefeituras de Resende e Itatiaia para a discussão dos Planos Regional e Diretor dos Municípios.
Carmen Lúcia seguindo sua apresentação lembrou que, nos últimos anos, as vilas de Visconde de Mauá, Maringá, Maromba e o Lote 10 vêm dando sinais evidentes de expansão e diversificação, tendo como base econômica a atividade turística. Em 2001, o Plano Diretor de Ecodesenvolvimento da APA da Mantiqueira, no perímetro de Resende, comprovou a necessidade de elaboração de projetos de urbanização e qualificação turística e ambiental nos pequenos núcleos urbanos, principalmente nas vilas.
O governo do estado, através de convênio com o PRODETUR, planejou a execução das seguintes ações na região:
- Implantação dos sistemas de esgoto, nas quatro localidades citadas, e a construção de três estações de tratamento de esgoto.
- Pavimentação
- Revalidação dos Planos Diretores das vilas.
- Projetos Urbanos Regionais das vilas de Maringá e Maromba.
- Projeto de pavimentação e melhorias físicas e operacionais da RJ-151.
Carmen Lúcia explicou que, de uma maneira geral, a proposta de urbanização da vila de Maringá contempla a pavimentação, com repaginação de piso, e a drenagem das áreas centrais da vila, iluminação diferenciada das vias e acessos, sinalização, mobiliário urbano, pontes e caminhos para as áreas utilizadas como balneários e cachoeiras.

Vila de Maringá 

A ponte da Travessa do Visconde seria refeita, melhorando o acesso através de seu  alargamento. A própria Travessa do Visconde passaria por um processo de recalçamento transformando-se em uma via de pedestre (tipo calçadão) e limitação no volume de veículos.


Vila de Maromba


A coordenadora de obras afirmou que, no que diz respeito a essa vila, o projeto prioriza a organização da praça, com uma área aberta e ampla para tráfego de veículos; com um ponto de parada de ônibus e um canteiro central. A proposta contempla a pavimentação e a drenagem das áreas centrais da vila, assim como iluminação diferenciada das vias e acessos.

 A apresentação foi encerrada com as seguintes informações:
  • os projetos estão disponíveis para vistoria na Casa Vermelha da UERJ; 
  • embora o estado se disponha a realizar modificações pontuais, ele lembrou que o projeto da vila de Mauá já está contratado e em execução, o que dificulta qualquer negociação.
  • Como as outras obras, ainda não foram contratadas, ficam mais fáceis de serem discutidas.
SOBRE AS OBRAS NAS, RJ-163 e RJ-151
A presentação feita pelo Sr. José Roberto Rosadas, engenheiro responsável pela execução de obras do DER-RJ (Departamento de Estradas de Rodagem - RJ) da 5ª Residência - Região Sul Fluminense. A apresentação do Sr. José Roberto foi feita de improviso, sem o auxílio de material visual e em um tom muito franco. 

O Sr. José Roberto Rosadas é funcionário antigo do DER-RJ, possuindo 41 anos de serviços prestados à esta instituição, e afirma com convicção de que em todo esse tempo, o serviço prestado pelo DER nunca foi tão bom como nos dias de hoje. Afinal de contas, "ninguém trabalha sem recursos", e o DER até a gestão do governador Sérgio Cabral, ficou absolutamente esquecido faltavam viaturas, equipamentos, peritos e mão de obra. O último funcionário do DER, aqui na Região de Visconde de Mauá "foi o Lúcio que está aposentado há 10 anos" e desde então, essa região ficou completamente desalentada em nível de atendimento.
Nesse governo, o vice-governador Luís Fernando "Pezão", por ser do interior e frequentar a região, teve conversas particulares com o Sr. José Roberto em sua casa em Piraí. O vice governador recebeu de suas mãos, um levantamento geral do que o DER, de nossa região, precisava. O estado ao invés de comprar veículos, licitou a utilização deles, da mesma forma como vem fazendo com a Polícia Militar. Isso explica a quantidade de viaturas novas utilizadas pelo DER. As despesas individuais com motorista, combustível, peças e mecânicos não são custeados pelo DER, que só precisa se preocupar em pagar pela hora de utilização do equipamento.
O mesmo foi feito a nível de conserva. O DER hoje trabalha com conserva contratada, a 5ª Residência de Barra Mansa, têm 245 km de rodovias a serem conservadas, de um total de 8 rodovias estaduais. O ideal para os 245 kms de estrada da 5ª Residência, seriam 122 homens. A solicitação do sr. José Roberto, deixou uma margem de folga para negociação. Porém, o custo de sua solicitação foi considerado muito alto pelo próprio DER, que acabou oferendo um total de 60 homens, sendo que desse total, 50 são trabalhadores braçais. Com essa equipe, a 5ª Residência está tocando 7 obras de pavimentação e fazendo atendimento aos municípios de sua região.
Um estudo histórico da região de Visconde de Mauá, mostra que até 1974, a estrada que conhecemos hoje como RJ-151 era uma rodovia municipal (Resende), quando ocorreu a  fusão dos estados do Rio de Janeiro e da Guanabara, criou-se um novo Plano Rodoviário Estadual que requalificou essa rodovia como estadual. Na interpretação do engenheiro, o plano de 1974 foi idealizado por pessoas do RJ, que nunca vieram ao interior fazer qualquer levantamento ou análise. Ele comparou a situação de então, com a ocorrida nos dias de hoje quando um juiz estadual deu a interdição da estrada sem conhecer a região, sem fazer idéia da importância da rodovia para a região. Afirmou que o juiz recebeu informações falsas. Informações de pessoas que são contra o desenvolvimento da região.
Como é que uma pessoa dá uma interdição, baseada em informações falsas, informações de pessoas que são contra o desenvolvimento da região. Eles não são contra a estrada. Eles nem sabem o que está sendo feito na estrada. Mas porque? Porque a estrada leva desenvolvimento a qualquer região, somente com a construção das rodovias que vão ser inseridas hoje na região é que vão trazer o desenvolvimento. Se esse desenvolvimento vai ser bem gerenciado, vai caber às prefeituras. Essa é que é a questão.
Ele acredita que a estrada está levando a culpa pela falta de ordenamento territorial que já havia na região, e que ela (a estrada) vêm sendo tolhida por isso.
Quando a estrada foi repassada para responsabilidade estadual, o estado não deu sequer um homem, ou veículo a mais para o DER realizar o serviço de conservação. Criaram-se mais 33 kms de rodovia, sem designar um único pessoal para tomar conta. "Então não dá para fazer milagre". Quando a estrada era interditada, ele se diz muito grato à prefeitura de Resende, que é quem resolvia a maioria dos problemas daqui. Ele ainda deu crédito ao atual Secretário de Planejamento de Itatiaia, o sr. Rui Saldanha, presente na platéia, "cujo trabalho à frente desta prefeitura proveu mais ajuda à região do que o próprio DER".

Em dezembro de 2010, quando ocorreu a interdição da RJ-163, o Sr. José Roberto afirma que foi convocado pelo próprio vice governador e teria ouvido dele: "eu quero que você resolva o problema de Mauá - Ponte dos Souza". Ele teria respondido que já defendia isso há anos. Então ouviu do vice governador: "O que você precisa?", a partir daí ele afirma que o Sr. "Pezão" tomou a iniciativa de ligar para o "Dr. Henrique" (Henrique Ribeiro, presidente do DER) com instruções para seguir às solicitações do Sr. José Roberto, que teria solicitado equipamento, pessoal e escória.
"Tem de pôr escória. Vocês lembram que quando nós fizemos aqui as melhorias operacionais em 1998. Nunca mais a serra interditou por nível de atolar Barreira ..., até hoje está arriscado aí ter uma tromba d’agua, não é? E nós voltarmos àquele estado. Mas em nível de pavimento. O atendimento. Quem entrava, chegava em Visconde Mauá se dependesse do nível do leito da rodovia."
Ao escutar reclamações sobre a poeira da escória utilizada, afirmou que tudo é uma questão de tempo. "A escória tem 39 minerais em sua composição, sendo que o principal é o enxofre. O enxofre tem poder de expansão. A escória para ser usada tem que ficar 1 ano ao ar livre, sob ação de chuva, para que possa ocorrer uma reação de expansão não homogênea e só então ela ficará inerte e poderá ser utilizada." Após esse período, depois de ocorrida a expansão, a via estará pronta para receber o pavimento de asfalto.
O vice governador "Pezão" afirmou que queria como resultado uma estrada que fosse segura, e ouviu em retorno: "então eu vou ter que fazer um pequeno alargamento. Porque se eu apenas melhorar as condições de rolagem da rodovia vai começar a haver inúmeros acidentes. Porque aumenta-se a velocidade, e existem inúmeros pontos em que não há condições de dois veículos se cruzarem. Ela tem 4, no máximo 5 mts.” Ao que o vice governador teria respondido: "Pode ver isso, fala com o Dr. Henrique".
O que está sendo feito na RJ-151, não há projeto. Estou fazendo uma melhoria oficialmente. Pus até uma placa ali no Lote 10,  "melhorias operacionais". 
A ordem que ele recebeu foi de criar as condições para tráfego seguro e permanente até a Ponte dos Souza. "A rodovia até a ponte de Souza, vai ficar de escória, 7 mts de largura que dê para cruzar dois veículos".
José Roberto disse que a pavimentação dos trechos Mauá-Maringá podem iniciar a partir de Abril se houver o desembargo judicial, e os trechos Maringá-Maromba, Mauá-Ponte dos Cachorros parecem estar previstos para 2013. Mas que não há nada definido ainda.

Ao concluir sua apresentação anunciou que O Vice Governador "Pezão" já autorizou, e o DER já está trabalhando nisso, um novo projeto de estrada para o trecho compreendido entre a Capelinha e a Via Dutra.  "Vai ser toda refeita, vão retirar algumas curvas, haverá acostamento. Para 2013." Ao encerrar desculpou-se pelo tom de desabafo, e reafirmou que em nenhum momento o DER se furta em atender a comunidade, só que eles, às vezes, não têm a condição de atender às reinvidicações.





sábado, 4 de fevereiro de 2012

O PEIXE TRAÍRA OU SIMPLESMENTE O TRAÍRA



Existe nos rios brasileiros um peixe de águas profundas denominado traira (Hoplias sp) . É um dos mais belos peixes pelo seu formato e coloração esverdeada escura, que vivendo nos fundos dos rios, se confunde com a lama e materiais orgânicos depositados. O peixe não é muito exigente em forma de habitat e se alimenta de outros peixes vivos ou mortos e materiais biológicos em decomposição.
Olhando de perto a traíra, o que chama a atenção e sua enorme boca armada com duas camadas de dentes, robustos e ponteagudos, firmementes implantados no maxilar e mandibula e uma poderosa musculatura facial, que confere à sua mordida, grande força destruidora e de apreensão, quando morde ou captura sua presa. Outra característica muito importante do peixe é sua destreza e voracidade. Aparentemente dócil e calmo, surpreende suas presas pela surpresa ou traição, dando um bote certeiro e fatal, quando os demais peixes se aproximam ou passa ao seu redor. Ou seja, passa-se de amigo para atingir seu objetivo, capturar seu inimigo.
Observando esse peixe e seu hábito na natureza, o homem trouxe para a sociedade, esse exemplo. Costuma-se classificar e apelidar as pessoas de traíra, aqueles que possuem esse hábito e costume. Na sociedade, assim é definido o traíra:
 ” Aquele que trai, não merece confiança, enganador, mentiroso, falso … “, entre outros adjetivos qualificativos que identificam pessoas que agem dessa forma. É muito comum no traíra, sua capacidade de dissimulação e farsatez, ora age de uma forma, ora de outra.
No Brasil, o exemplo mais contundente do traíra, refere-se a Joaquim Silvério dos Reis, que durante a conjuração mineira, delatou Tiradentes e outros inconfidentes, à Coroa Portuguesa, em troca de benefícios próprios. Graças a essa delação, Tiradentes foi condenado à morte em praça pública e seu corpo esquartejado. Não teve direito ao  sepultamento digno, como os homens de bem e honrados de sua época.

Na política, da mesma forma, é muito comum se encontrar traíra ou traíras. É nesse cenário que comumente eles aparecem. Não tem doutrina partidária e vivem a mercê da melhor oferta e oportunidade. 
ESTAMOS VIVENDO O PERÍOLDO ELEITORAL. É época de piracema da traíra nas ruas e avenidas de nossa cidade. Como o peixe é perigoso e traiçoeiro, temos que saber pescá-lo. É bom nos precavermos, pois ele esta pronto para dar o bote em qualquer anzol e não tem preferências por isca boa. 

Editado por ASSOMAR

FONTE:RENOVA RESENDE  


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

BLOG ASSOMAR - 30.000 VISITAS


OBRIGADO PELAS VISITAS!

CONTINUEM NOS VISITANDO, COMPARTILHEM COM SEUS AMIGOS AS INFORMAÇÕES DA REGIÃO DE VISCONDE DE MAUÁ.


Visualizações de página de hoje
128
Visualizações de página de ontem
95
Visualizações de página do mês passado
4.131
Histórico de todas as visualizações de página
30.122



DER-RJ EXECUTA REPAROS NA RJ-151

Nesta segunda e terça feira, 1 e 2 de Fevereiro o DER-RJ esteve com uma equipe de homens e maquinas na RJ-151, e resolveu o problema de uma cratera que estava a cada chuva avançando para o leito da estrada (RJ-151  Mauá - Maringá) na altura do Km 6 entre o posto de gasolina e o cemitério. Atendendo os pedidos da comunidade e do prefeito de Itatiaia.

ANTES


DEPOIS 



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

ÔNIBUS - VIAÇÃO RESENDENSE

É um absurdo a quantidade de vezes que os ônibus da Viação Resendense tem quebrado deixando todos os passageiros a pé. Hoje quarta feira (01/02/2012) também quebrou o ônibus das 15:30 de Resende para Maromba.


Linha intermunicipal, Resende x Maromba. As viagens não são completadas e o passageiro paga R$ 6,50 para ficar a pé no meio da viagem. E devolver o dinheiro nem pensar! 
Fica uma sugestão para os diretores da Viação Resendense, que tal vocês, devolverem as linhas que eram da falida Viação Tupi, que o DETRO repassou para Resendense operar ( Resende x Itatiaia e Resende x Maromba).  O serviço prestado pela Resendense  hoje, é de dar raiva nos usuários pelos sucateados ônibus  de numeração, RJ192.005 - RJ192.009 -RJ192.010- RJ192.012 -RJ192013, esses são os números das peças raras que vivem quebrando quase todos os dias.

EM 13 DE JULHO DE 2010
Os representantes da Viação Resendense compareceram em uma reunião em Maringá com a presença do deputado estadual, Edison Albertassi, prefeito de Itatiaia, Luís Carlos Ypê e Moradores, os representantes da Resendense se comprometeram em trocar os ônibus tão logo a estrada fosse asfaltada, hoje a RJ-163 encontra-se toda asfaltada da via Dutra até Visconde de Mauá, e mesmo que a estrada já não tivesse toda asfaltada, a quantidade de vezes que esses ônibus tem quebrado, tem mostrado que os ônibus atuais deram tudo que podia dar,  No início de Janeiro ouve aumento da tarifa passando para R$ 6,50 e a qualidade do serviço só tem piorado a cada dia.
Envie um e-mail a Viação Resendense (resendense@resendense.com.br ) sobre esse desrespeito aos passageiros, se você já ficou a pé por estes motivos reclame.

Postagem anterior sobre o mesmo tema: ( CLIQUE AQUI )





Faça seu comentário clique em comentários, usando uma conta do Google e deixe seu comentário