Solicitar reparos na iluminação pública

sábado, 30 de junho de 2012

MORADORES DA REGIÃO DE VISCONDE DE MAUÁ PROTESTAM POR PAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA RJ - 151


Nesta quinta feira dia 28 de junho as nove horas da manhã, cerca de 100 moradores da região de Visconde de Mauá se reuniram no campo de futebol na entrada da vila de Mauá e protestaram pedindo a pavimentação da estrada RJ-151, principal estrada de ligação entre as vilas e vales da região.




VEJA REPORTAGEM NO SITE DA TV RIO SUL: Clique Aqui 


Clique em comentários e faça o seu comentário
Os comentários não representam a opinião do Blog. A responsabilidade é do autor de cada mensagem.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

PREFEITO DE RESENDE PEDE REVOGAÇÃO TEMPORÁRIA DE DECRETO QUE CRIA PARQUE ESTADUAL da PEDRA SELADA



Resende
O prefeito José Rechuan entrega nesta terça-feira (26/06) ao governador Sérgio Cabral e ao vice, Luiz Fernando Pezão, um ofício pedindo a revogação temporária do decreto que determinou a criação do Parque Estadual da Pedra Selada (PEPS). A intenção é que o governo do estado promova junto aos produtores rurais desta região mais audiências públicas para debater o assunto.
Segundo Rechuan, essa é uma das principais reivindicações dos proprietários de terras, que ainda têm dúvidas sobre a criação dessa área de preservação e, principalmente, como ficarão as situações de suas propriedades após a sua implantação. Para o prefeito, essas informações e esclarecimentos devem ser fornecidos pelo INEA (Instituto Estadual do Meio Ambiente), órgão do Estado responsável pelo projeto. 
- Apoiamos a proposta, uma vez que a área já era vista como prioritária para criação de unidade de conservação, mas esperamos que, primeiramente, o governo do estado debata melhor a proposta com os produtores rurais da região e esclareça todas as dúvidas - disse. 
A primeira audiência pública para debater a proposta foi promovida pelo Inea no dia 07 de dezembro de 2011, no plenário da Câmara Municipal de Resende. A reunião foi conduzida pelo diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Inea, André Ilha, e contou com a participação de aproximadamente 70 pessoas, entre representantes do poder público e membros da sociedade civil organizada. 
Após a audiência pública, por solicitação das comunidades, ainda foram realizadas reuniões com moradores de Capelinha, Vargem Grande e Fumaça, com o objetivo de esclarecer dúvidas referentes às delimitações do Parque.
A área onde se propõe a criação do Parque Estadual da Pedra Selada está inserida na APA (Área de Proteção Ambiental) da Serra da Mantiqueira, unidade de conservação federal, dentro da qual também está situado o Parque Nacional de Itatiaia.
A proposta inicial prevê que o Parque possua cerca de 8.160 hectares. Quase toda a área da proposta está situada no município de Resende, com uma pequena parte, correspondente a apenas cinco por cento do total, pertencente a Itatiaia.

Fonte: DIÁRIO DO VALE

VEJA REPORTAGEM da TV RIO SUL: CLIQUE AQUI


domingo, 24 de junho de 2012

VOTO, O PODER EM SUAS MÃOS



...na ponta de seus dedos.

Enfim, está chegando à hora da verdade.
Não absoluta, mas sim, uma verdade às vezes onde nem sempre o resultado mostra a face honesta, verdadeira e íntegra da vida política.
É chegada a hora de o cidadão colocar a sua consciência a serviço da comunidade e avaliar propostas e diferenciá-las de promessas.


É preciso que o cidadão preocupado com a comunidade busque a cada dia mais qualidade de vida através do exercício pleno de sua cidadania; cobrando das autoridades e exigindo que os seus direitos sejam assegurados.
Não podemos nos abater diante dos percalços e de todas as formas de opressão que exercem aqueles que querem de todas as formas se perpetuarem no poder, através da opressão e da tirania, tentando excluir do cidadão digno e honesto sua liberdade de expressão.
Esse é o momento em que todo cidadão deve deixar falar mais alto a voz da razão, não se deixando levar por palavras bonitas e com entonações emocionais daqueles que evocam até a alma dos mortos para iludir com sentimentalismo a cabeça do sofrido cidadão eleitor.
Esse é o momento em que devemos elevar nossa consciência para que nossa decisão não coloque em risco a vida de nossos filhos e gerações futuras através de um ato impensado e levado pela ilusão de um sorriso largo e uma oferenda barata.
Aceitar favores e coisas em troca do maior poder que se tem em mãos dentro de uma sociedade democrática, é vender a alma ao diabo.

Aquele que te oferece algo em troca de seu voto, como certeza não tem bons propósitos para com a sociedade.
Aquele que diz que fará tudo por você e para sua comunidade, com certeza não passa de um enganador barato tentando ludibriar sua consciência se aproveitando de sua boa fé e esperança de dias melhores.
Aquele que realmente tem amor pelo próximo e pela comunidade onde vive, transmite a você a conscientização através de verdades e não o tenta enganar com mentiras que nem ele mesmo consegue acreditar. 
Abra o olho
Olhe em volta e verá que nem tudo que parece ser um paraíso realmente é. Olhe em volta que as verdades expostas são tão claras que só mesmo os alienados e desprovidos de alma verdadeira se deixam levar por palavras falsas.
Aceitar a verdade, é verdade, muito mais difícil que acreditar numa mentira e o esforço e desprendimento necessário é muito maior.
Mais acredite, não poupe esforços dentro de sua lama, de seu coração que verá como tranquilo é o caminho da verdade. 
Não se deixe amedrontar tampouco pelas atitudes extremas em desespero de causa daqueles que só almejam o poder pelo simples fato de se beneficiar dele,  e não para fazer o bem a toda comunidade. 
É se deixe amedrontar  tampouco pelas atitudes em desespero de causa daqueles que só almejam o poder pelo simples fato se beneficiar dele, e não para fazer o bem a toda comunidade.
É preciso neste momento, serenidade na alma, tranquilidade no espírito para que sua decisão seja pela ética, pela boa índole, pelos bons propósitos e que leve ao encontro da realização plena de suas esperanças. Não as deixe ao léu, pois verá que ao passar dos dias você sentirá uma angústia por não ter tomado a mais sábia das decisões.
O tempo não retrocede para que os fatos sejam corrigidos e talvez esperar que o tempo novamente trouxesse a solução, pode ser tarde e esta solução pode não existir mais.
Mas enfim, se tiver certeza da sua decisão, saiba que terá que conviver com ela por pelo menos mais quatro anos.
E depois, não adianta se lamentar. Não adianta reclamar, pois talvez aqueles que representam seu clamor e levantam a voz contra os algozes já tenham se ido e ai, restará você em meio a um turbilhão de mentiras e atitudes autoritárias que nada mais restará a fazer a não ser se conformar e o conformismo é o pior estado em que um ser humano pode se encontrar.
Aí, não restará mais o lamento, pois o tempo irá te devorar a ponto de aniquilar sua alma para que os abutres ocupem todos os espaços e a você não restará nenhuma alternativa a não ser, ser usado como massa de manobra e ser tratado como um número que garantirá a sobrevivência política e social daqueles que o traíram.

Nas eleições de 2012, pense bem. Reflita.
O " Poder", está em suas mãos. Na ponta de seus dedos na hora de teclar o número de um candidato na urna eletrônica nas eleições de outubro. A decisão pode ser só sua na hora do voto, mas lembre-se:
As consequências recairão sobre todos nós.

 Fernando Santini - Jornalista MTb 38910

sexta-feira, 22 de junho de 2012

BLOG ASSOMAR 50 MIL VISITAS



NO ÚLTIMO DIA 22 de JUNHO de 2012 O BLOG ASSOMAR 
ATINGIU E SUPEROU A MARCA de 50 MIL VISITAS
NADA MAIS JUSTO DO QUE AGRADECER A VOCÊ VISITANTE,
 QUE FEZ ISSO ACONTECER.
VALEU...

MUITO OBRIGADO!!!



Visualizações de página de hoje
225
Visualizações de página de ontem
228
Visualizações de página do mês passado
5.341
Histórico de todas as visualizações de página
50.130


CACHORRO PERDIDO


ESTE SIMPÁTICO CACHORRINHO FOI ENCONTRADO ONTEM 21/06, POR UM HOSPEDE DO HOTEL BULHER PERDIDO NA VILA DE MARINGÁ MINAS

CASO ALGUÉM CONHEÇA O DONO DESTE CÃO FAVOR LIGAR PARA A RECEPÇÃO DO HOTEL BULHER  TEL: (24) 33871204 

AVISO: O DONO DO CACHORRO JÁ FOI ENCONTRADO.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

ALTERAÇÃO DE PORTARIA DO DER-RJ SOBRE CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS NA ESTRADA-PARQUE de VISCONDE de MAUÁ


O Departamento de Estradas de Rodagem do Rio de Janeiro (DER-RJ) alterou esta semana a portaria firmada em 17 de abril que estabelece a circulação de veículos na RJ-163, no trecho que liga Capelinha a Visconde de Mauá, a fim de proporcionar mais segurança aos que trafegam pela rodovia. Com a determinação passa a ser proibido o tráfego de caminhões com peso bruto total – ou peso bruto total combinado – superior a 24 toneladas, tratores e ônibus com três ou mais eixos, entre outros veículos.
Segundo o DER, a ideia é fazer cumprir o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que vigora no país. Em seu artigo 1º, o código prevê a responsabilidade do departamento em promover a adoção de medidas destinadas à preservação da vida e da saúde dos cidadãos usuários das vias públicas.
O caso específico de Visconde de Mauá, segundo parecer do DER, é que a Estrada Parque não foi projetada para suportar a passagem constante e indiscriminada de veículos pesados. O departamento entende, portanto, que os veículos, em razão das dimensões e das cargas que transportam, podem trazer prejuízos à segurança dos usuários no trecho correspondente a Capelinha-Visconde de Mauá.
Ficou estabelecido que os veículos de fiscalização do Departamento de Estradas de Rodagem continuarão a circular pela estrada a fim de evitar que as medidas adotadas sejam desrespeitadas, e fazer valer a lei que permite ao órgão fazer a manutenção da via.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------




ADMINISTRAÇÃO VINCULADA
SECRETARIA DE ESTADO DE OBRAS
FUNDAÇÃO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM
ATO DO PRESIDENTE
PORTARIA PRE-DER/RJ Nº 007 DE 11 DE JUNHO DE 2012

ALTERA PORTARIA PRE/DER-RJ N° 003 DE
17 DE ABRIL DE 2012, QUE DISPÕE SOBRE

A CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS NA RODOVIA
RJ-163, TRECHO: CAPELINHA-VISCONDE DE MAUÁ, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais especialmente as conferidas pelo Código de Trânsito Brasileiro - CTB, instituído pela Lei n° 9.503, de 23 de setembro de 1997, alterada pela Lei n° 9.602 de 21 de janeiro de 1998,
CONSIDERANDO:
- que é dever deste órgão executivo rodoviário estadual assegurar aos condutores e passageiros de veículos em circulação na RJ-163, trecho Capelinha - Visconde de Mauá, a plena segurança durante os seu deslocamentos - inteligência do § 2°, do art. 1°, do CTB,
- a responsabilidade objetiva imputada aos órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito, prevista no § 3°, do art. 1°, do Código de Trânsito Brasileiro - CTB,
- que é objetivo prioritário do Departamento de Estradas de Rodagem
do Estado do Rio de Janeiro promover a adoção de medidas destinadas à preservação da vida e da saúde dos cidadãos usuários das vias públicas sob a sua circunscrição, conforme preconizado no § 5°, do art. 1°, do Código de Trânsito Brasileiro - CTB,
- que os veículos em razão das dimensões e das cargas que transportam podem trazer prejuízos á segurança dos usuários da RJ-163, trecho Capelinha - Visconde de Mauá,
- a necessidade de se procurar garantir condições normais de operação, mesmo para as condições de traçado e perfil no trecho em serra da RJ-163, compreendido entre Capelinha e Visconde de Mauá,
- a inteligência dos artigos 21, caput, incisos II, III, IV, V e VI, 43, inciso I, 231, inciso IV e 187,
- que a circulação de veículos a serviço do DER, de qualquer espécie, a critério do órgão, é indispensável à manutenção da via,
- a classificação dos veículos estabelecida no art. 96 do CTB e os conceitos e definições do Anexo I do CTB,
- as condições do traçado em planta e em perfil da RJ-163, em especial no trecho em região serrana, entre Capelinha - Visconde de Mauá, e
- que as condições de traçado acima citadas resultaram de exigências dos órgãos ambientais que tiveram que ser cumpridas para a obtenção da licença ambiental para a execução das obras,
RESOLVE:
Art. 1° - É proibida a circulação na RJ-163, trecho Capelinha - Visconde de Mauá, dos veículos definidos a seguir:
1) Veículos classificados quanto á espécie:
1.1 - Veículos de passageiros:
a - Reboque e semi-reboque, exceto os tradicionais automóveis.
b - Ônibus com três ou mais eixos.
1.2 - Veículos de carga:
a) - caminhões com peso bruto total (PBT) ou peso bruto total combinado (PBTC) superior a 23 t (vinte e três toneladas);
1.3 - Veículos de competição:
1.4 - Veículos de tração:
a - caminhão trator;
b - trator de esteira;
c - trator misto;
1.5 - Veículos especiais;
Art. 2° - Caminhões-guincho, destinados única e exclusivamente para atendimentos a veículos avariados, e demais veículos de qualquer espécie, desde que a serviço da Fundação Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro - DER-RJ, e devidamente identificados, não se enquadram nas restrições estabelecidas nesta Portaria;
Art. 3º - Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Rio de Janeiro, 11 de junho de 2012

HENRIQUE ALBERTO SANTOS RIBEIRO
Presidente

FESTA JUNINA NA ESCOLINHA do VALE do PAVÃO


A ESCOLA MUNICIPAL BENEDITO BARBOSA
NO VALE DO PAVÃO CONVIDA TODA COMUNIDADE
PARA PARTICIPAR DA NOSSA FESTA JUNINA
 NO PÁTIO DA ESCOLA

PRÓXIMA QUINTA FEIRA DIA 28 DE JUNHO

COMIDAS TÍPICAS - BINGO e QUADRILHA


quarta-feira, 20 de junho de 2012

PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DO RIO de JANEIRO O DECRETO DE CRIAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL DA PEDRA SELADA NA REGIÃO DE VISCONDE DE MAUÁ


ATOS DO PODER EXECUTIVO
DECRETO N° 43.640 DE 15 DE JUNHO DE 2012
CRIA O PARQUE ESTADUAL DA PEDRA SELADA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, tendo em vista o que consta do processo n° E-07/507386/2011,
CONSIDERANDO:
- que é dever do Poder Público e da coletividade defender e preservar o meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida da população;
- que a Mata Atlântica constitui patrimônio nacional, conforme o disposto no § 4° do artigo 225 da Constituição da República Federativa do Brasil;

- que a área objeto do presente Decreto abriga remanescentes expressivos de floresta primária e diversas espécies da fauna e flora nativas ameaçadas de extinção;

- que as áreas que abriguem espécies ameaçadas de extinção, exemplares raros de fauna e da flora nativas e áreas de interesse arqueológico, histórico, científico, paisagístico e cultural são consideradas áreas de preservação permanente, conforme o disposto no artigo 268 da Constituição do Estado do Rio de Janeiro;

- que inexistem unidades de conservação estaduais na Serra da Mantiqueira, e que o parque estadual ali proposto forma um importante corredor ecológico com o Parque Nacional do Itatiaia, além proteger as nascentes de tributários de algumas das principais bacias hidrográficas da Região Sudeste: Paraná e Paraíba do Sul;
- que a criação de parques estaduais nas zonas rurais fluminenses contribui para o desenvolvimento regional, abrindo oportunidades para pequenos e médios empreendimentos e gerando empregos e renda na atividade turística; e
- a necessidade de preservação do extraordinário monumento geológico representado pelo grupo de picos que compõe a Pedra Selada.
DECRETA:
Art. 1º - Fica criado o Parque Estadual da Pedra Selada, com área total aproximada de 8.036 (oito mil e trinta e seis) hectares, nos Municípios de Resende, Itatiaia e Visconde de Mauá.

§ 1º - O memorial descritivo dos limites do parque consta do Anexo I do presente Decreto.
§ 2º - O mapa de situação do parque consta do Anexo II do presente Decreto.
§ 3º - O mapa original do parque, com a delimitação por pontos e correspondentes coordenadas UTM, acha-se arquivado no Instituto
Estadual do Ambiente - INEA/RJ e disponibilizado na página do órgão na internet.
Art. 2º - A criação do Parque Estadual da Pedra Selada tem por objetivos:
I- preservar parte de uma das maiores cadeias de montanhas do sudeste brasileiro, bem como recuperar as áreas degradadas ali existentes;
II- proteger e preservar populações de animais e plantas nativas e oferecer refúgio para espécies migratórias, raras, vulneráveis, endêmicas e ameaçadas de extinção da fauna e flora nativas;
III- preservar a floresta atlântica, os remanescentes de bosques de araucária, os campos de altitude, os corpos hídricos e as formações geológicas notáveis contidas em seus limites;
IV- formar um expressivo corredor ecológico com o Parque Nacional de Itatiaia e outras unidades de conservação públicas e privadas próximas;
V- oferecer oportunidades de visitação, recreação, interpretação, educação e pesquisa científica, estimulando o desenvolvimento do turismo em bases sustentáveis;
VI- assegurar a continuidade dos serviços ambientais prestados pela natureza.
Art. 3°- Fica estabelecida como de utilidade pública, para fins de desapropriação e implantação do Parque Estadual da Pedra Selada, a área delimitada por este Decreto, sendo vedados empreendimentos, obras e quaisquer atividades que afetem sua substância ou destinação.
Art. 4°- O parque será regido pela Lei Federal nº 9.985, de 18 de julho de 2000, que instituiu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza e pela legislação estadual pertinente.
Art. 5º- O Parque Estadual da Pedra Selada será administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente, que adotará as medidas necessárias para sua efetiva implantação.
Art. 6º- Fica estabelecido o prazo máximo de 05 (cinco) anos, a partir da data de publicação deste Decreto, para a elaboração do plano de manejo do Parque Estadual da Pedra Selada.
Art. 7°- Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. 

Rio de Janeiro, 15 de junho de 2012
SÉRGIO CABRAL
ANEXO I AO DECRETO Nº 43.640/2012
MEMORIAL DESCRITIVO DO PARQUE ESTADUAL
DA PEDRA SELADA

O Parque Estadual da Pedra Selada localiza-se nos Municípios de Resende, Itatiaia e Visconde de Mauá, com área aproximada de 8.036 hectares, apresentando a seguinte delimitação por pontos e coordenadas aproximadas conforme a projeção Universal Transversa de Mercator (UTM), fuso 23 S, datum horizontal WGS84, com base nas ortofotos do IBGE/SEA e base topográfica escala 1:25.000.

VEJA MATÉRIA DA TV RIO SUL SOBRE O TEMA: REPORTAGEM TV RIO SUL


terça-feira, 19 de junho de 2012

JUNHO, MÊS DOS NAMORADOS EM VISCONDE DE MAUÁ


NA VILA DE MARINGÁ O CLIMA AGRADÁVEL 
A BOA GASTRONÔMIA E UMA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL AQUECEM O MÊS DE JUNHO PARA OS NAMORADOS




PREFEITO DE RESENDE JOSÉ RECHUAN É CONTRA A COBRANÇA DE TAXA AMBIENTAL NA ESTRADA-PARQUE DE VISCONDE DE MAUÁ


RESENDE
Após surgir a especulação sobre a cobrança de uma taxa ambiental no valor de R$ 5 para acesso dos turistas à região de Visconde de Mauá, Maringá e Maromba, o prefeito reagiu. Esta semana, José Rechuan Júnior, do Partido Progressista (PP), falou ao A VOZ DA CIDADE que seu posicionamento em relação ao assunto é contrário. Rechuan foi enfático ao assumir sua posição relativa ao projeto que, segundo ele, sequer existe.
Rechuan afirmou que em hipótese alguma poderá concordar que se construa um portal para fins de controle de entrada de turistas na região sem a anuência da prefeitura. “Não vou aceitar, pois para que uma ação dessa natureza seja de fato implementada, é preciso um estudo adequado, um projeto muito bem estruturado para atender de fato ao objetivo daqueles que estão arquitetando esta possibilidade. É preciso esclarecer quem irá gerenciar tal ação e como eles estão pensando em investir o dinheiro pago pelos visitantes em melhorias para a região de Visconde de Mauá”, enfatizou o prefeito, lembrando que o debate sobre o tema está aberto e a sociedade precisa ser consultada.
A polêmica começou a partir do momento em que foi veiculado por um jornal de circulação nacional o intuito de comerciantes, donos de hotéis e pousadas e ecologistas que atuam na região de construir um portal na entrada da vila de Visconde de Mauá, onde seria cobrada a denominada “taxa ambiental”.
O objetivo da cobrança seria beneficiar a região e desencorajar os visitantes que vão para Visconde de Mauá fazer um turismo ecológico sem, contudo, consumir em hotéis, pousadas e no comércio em geral, já que costumam retornar no mesmo dia.
Outro argumento dos favoráveis à cobrança diz respeito ainda à facilidade dos visitantes em subir a serra após a construção da Estrada Parque. Segundo os autores do projeto, esses turistas passam o dia na região e vão embora deixando para trás grande quantidade de lixo.



Prefeitos de Itatiaia e Resende, Luís Carlos Ypê e José Rechuan Junior e as vices prefeitas
Conceição Salgado de Bocaina de Minas e Gilda Molica de Itatiaia  
Em 9 de dezembro de 2008 os prefeitos eleitos de Resende e Itatiaia, José Rechuan e Luís Carlos Ypê, participaram na Vila de Mauá, da apresentação dos projetos do governo do estado para toda a região de Visconde de Mauá. Nesta ocasião todos os presentes tomaram conhecimento dos projetos, inclusive a construção de um pórtico para controle de acesso e cobrança de taxa ambiental para a região de Visconde de Mauá. Esta foi apenas a primeira de muitas reuniões, seminários e audiência pública, acontecidos em Visconde de Mauá, onde o assunto de cobrança de taxa ambiental foi debatido. Mas nunca, nenhum representante da prefeitura de Resende se manifestou contrario a tal cobrança nestas reuniões. 


FESTA DE SÃO PEDRO - BOCAINA de MINAS 2012




domingo, 17 de junho de 2012

SECRETÁRIO ESTADUAL DO AMBIENTE ANUNCIA DURANTE A RIO+20 A CRIAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL DA PEDRA SELADA


Em solenidade de abertura do Pavilhão do governo do estado da Rio+20 no Parque dos Atletas, Carlos Minc anunciou a criação do Parque Estadual da Pedra Selada e a implementação das Unidades de Policiamento Ambiental. 
Ao participar nesta quarta feira (13/06) da solenidade de abertura do Pavilhão do Governo do Estado da Rio+20, no Parque dos Atletas, onde representou o governador Sergio Cabral, o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, anunciou a criação do Parque Estadual da Pedra Selada, no Médio Paraíba Fluminense, e a implementação das Unidades de Policiamento Ambiental.

Segundo Minc, os decretos que criam o parque e as Upams serão assinados pelo  governador Sérgio  Cabral durante a Rio+20.


“O Parque Estadual da Pedra Selada, na área da Mantiqueira, vai unir a Pedra Selada ao Parque Nacional de Itatiaia. Isto vai reforçar o ecoturismo na região. A implementação das Unidades de Policiamento Ambiental nos nossos parques estaduais, em parceria com a Secretaria de Estado de Segurança, também vai incrementar o ecoturismo”, explicou o secretário.

 Minc anunciou também que o governador vai assinar o decreto que institui metas de redução das emissões de carbono por setores econômicos do Rio de Janeiro.

“O Rio vai levar o seu recado. Vamos participar de debates, vamos participar das discussões. Vamos mostrar que o Rio de Janeiro tem metas de redução das emissões de carbono. A gente quer que o planeta tenha pelo menos 30% de energia renovável. Estamos convocando a todos para participar de todos os detalhes das discussões durante a Rio+20. Temos que influir para que saia daqui uma declaração sólida em prol  do meio ambiente.

Minc ressaltou ainda duas importantes iniciativas no estado: a Bolsa de Ativos Ambientas do Rio de Janeiro (BVRio) e o Polo Verde. O Polo Verde, a ser construído na extensão do campus da UFRJ, vai reunir empresas de ponta e um centro de pesquisas para estimular negócios sustentáveis. A BVRio é uma plataforma de negócios  para promover um mercado de ativos verdes no Rio de Janeiro.

Também participaram da abertura oficial os secretários estaduais de Transportes, Júlio Lopes, de Agricultura, Alberto Messias Mofati, e de Cultura, Adriana Rates, e o presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, deputado Paulo Mello.

Durante o evento, foi lançada a publicação Economia Verde no Estado do Rio de Janeiro, que reúne iniciativas da subsecretaria de Economia Verde da SEA, como o programa Polos Verdes e a BVRio. Ela traz também informações sobre as metas de redução de emissões de gases de efeito estufa, divididas por setor, como transporte, indústria etc.



sexta-feira, 15 de junho de 2012

MORADORES DE VISCONDE de MAUÁ FIZERAM UM PROTESTO EM FRENTE AO FÓRUM DE RESENDE PEDINDO LIBERAÇÃO DAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA RJ-151

MORADORES DA REGIÃO DE VISCONDE DE MAUÁ SE CONCENTRARAM NA ENTRADA PRINCIPAL DO FÓRUM DE RESENDE, E REALIZARAM UM PROTESTO CONTRA O EMBARGO DAS OBRAS NA ESTRADA RJ-151.

A estrada RJ-151 é o único elo de ligação entre todas as localidades da região de Visconde de Mauá,  mas a estrada encontra se em péssimas condições. É comum em dia de chuva, o transporte escolar parar de circular, e os alunos irem a pé para a escola ou pedirem carona para não perderem as aulas. As obras de pavimentação da RJ-151 estão contempladas dentro dos investimentos do PRODETUR para a região de Visconde de Mauá. Uma ação do Ministério Público paralisou desde Dezembro de 2011 a licitação e as obras na RJ-151. 


REPORTAGEM TV RIO SUL:CLIQUE AQUI

AUDIÊNCIA SOBRE O EMBARGO DAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO NA RJ-151 QUE  ACONTECERIA HOJE 15/06 NO FÓRUM DE RESENDE FOI ADIADA

VEJA ABAIXO AS ÚLTIMAS DECISÕES SOBRE O PROCESSO
Data da decisão 22/05/2012
Ante as informações constantes às fls. 1.245 dos autos, rejeito a questão de ordem suscitada pelo M.P. às fls. 1.239, visto que o I. Perito nomeado prestou serviços técnicos especializados, na qualidade de engenheiro florestal, orientando procedimentos de supressão de vegetação realizados pela empresa Ipê Engenharia, no período de setembro de 2010 a dezembro de 2011. Informou ainda que posteriormente, no período de janeiro de 2011 a fevereiro de 2012, foi contratado como prestador de serviço especializado, consistente na coleta de germoplasma, para a UERJ, nas obras realizadas na estrada RJ-163, não atuando na estrada RJ-151. Por essa razão, designo audiência especial para o dia 15 de junho de 2012, às 13:30 horas, oportunidade na qual proceder-se-á composição para elaboração de Termo de Ajustamento de Conduta. Neste ínterim, manifestem-se as partes sobre o laudo. Intimem-se

DECISÃO DE HOJE 15/06/2012
Decisão de 15/06/2012  (Sexta Feira)
1-) Fls. 1254/1258 - Trata-se de embargos de declaração em delicado processo judicial envolvendo obras nas Estradas RJ 163 e RJ 151, sendo certo que houve, por decisão deste Juízo, a determinação para paralisação das obras na estrada RJ 151 em razão do que fora relatado pelo MP, com possível dano ambiental de grande monta e irreparável. Designado perito, veio petição do autor requerendo o reconhecimento da suspeição do mesmo para atuar no feito, diante de interesse na causa, por ser morador na localidade, e ter prestado serviços na mesma estrada questionada na inicial, o que foi por ele reconhecido, como se vê as fls. 1245, onde afirma, em especial, ter participado de serviços na RJ 163. O que se espera do Poder Judiciário, compreendido também o Perito como auxiliar do Juízo, é a isenção e seriedade para que o processo possa ter seu regular andamento, sem qualquer dúvida sobre a parcialidade do julgador, motivo pelo qual, considerando que o objeto da demanda são as obras nas estradas RJ 151 e RJ 163, e tendo o perito desempenhado funções técnicas como consultor na estrada RJ 163, DEFIRO O REQUERIDO pelo MP, dispensando-o do encargo, desde logo agradecendo o apoio prestado a este Juízo. 2-) Fls. 1250/1251 - Petição do Ministério Público local requerendo a retirada de pauta da audiência especial designada para o dia de hoje, afirmando que foi realizada nova visita e vistoria no local das obras, no dia 05/06/2012, aguardando a juntada do novo laudo elaborado. 3-) Fls. 1259/1260 - Petição do INEA requerendo igualmente a retirada da audiência designada para hoje, diante da necessidade de aferição do laudo existente nos autos. 4-) Assim sendo, DEFIRO A RETIRADA DA AUDIÊNCIA DE PAUTA, considerando as manifestações juntadas aos autos, que demonstra que a realização da mesma neste momento seria totalmente infrutífera à finalidade pretendida. 5-) Para possibilitar a continuidade ao feito, DESIGNO COMO PERITO, EM SUBSTITUIÇÃO, o Dr. LUIZ ROBERTO CHARNAUX SERTÃ JUNIOR, CREA RJ 87-1-00693-7-D, de endereço conhecido do cartório, devendo ser intimado para dizer se aceita o encargo bem como para estimar seus honorários. 6-) Sem prejuízo da providência supra, considerando todo o processado, se faz adequado que haja uma INSPEÇÃO JUDICIAL COM VISTAS À MELHOR VERIFICAÇÃO DOS FATOS, nos termos do artigo 442, II do CPC, que ora designo para o dia 26/06/2012 às 08:30 horas, com saída do Fórum de Resende para o local dos fatos, acompanhado pelo perito nomeado. Intimem-se todos da presente decisão, para os termos do § único do artigo 442 do CPC.

FONTE: TJ.RJ.JUS.BR


Clique em comentários e faça o seu comentário
Os comentários não representam a opinião do Blog. A responsabilidade é do autor de cada mensagem.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

MATÉRIA DO JORNAL O GLOBO DESTE DOMINGO (10/06) ANUNCIA CRIAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL DA PEDRA SELADA NA REGIÃO DE VISCONDE DE MAUÁ


Estado lançará campanha e limitará licenças de obras para proteger animais em extinção

O FUTURO PARQUE ESTADUAL 
DA PEDRA SELADA: SUA ÁREA TEM 8.036 HECTARES

RIO - Na carona da Rio+20, o primeiro parque estadual na Serra da Mantiqueira vai virar realidade. O pacote verde do governo do estado, a ser lançado esta semana, inclui a criação do Parque Estadual da Pedra Selada, que terá 8.036 hectares, o dobro da área do Parque Nacional da Tijuca. Localizado na região de Visconde de Mauá, em Resende, no Vale do Paraíba, a nova unidade de conservação formará um corredor ecológico com o Parque Nacional do Itatiaia e quatro Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs). Em outra iniciativa, o governo lançará uma campanha pela preservação dos dez animais mais ameaçados de extinção no território fluminense, entre eles o macaco muriqui, o tatu-canastra e o boto-cinza, este natural das baías de Guanabara e Sepetiba.


A implantação do Parque da Pedra Selada, explica o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, garantirá o turismo sustentável no lugar, próximo à divisa com Minas Gerais e junto à nova Estrada-Parque. Incluída na Área de Proteção Ambiental da Mantiqueira, a região do futuro parque é constituída basicamente de mata atlântica e campos de altitude (vegetação baixa).
— A região está muito preservada e queremos mantê-la assim. Foi delimitada após consulta pública e reuniões com produtores e moradores da periferia. O parque terá sede e centro de visitantes. No trecho próximo à área mais urbana, ele será cercado, a pedido da prefeitura de Resende. Já no concurso para guardas-parque que estamos promovendo prevemos dez vagas para o novo parque — diz o diretor de Biodiversidades e Áreas Protegidas do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), André Ilha. — Vamos incentivar o ecoturismo no local, que tem inúmeras possibilidades de caminhadas, escaladas e visitação a poços e cachoeiras.
A delimitação do futuro parque foi precedida de uma consulta pública e duas reuniões com produtores e moradores da periferia. As conversas levaram o governo a reduzir as dimensões da nova unidade de conservação em cerca de 300 hectares.
A campanha pela preservação das dez espécies mais ameaçadas do estado, de um total de 267 em extinção, estará em outdoors e na televisão. Os dez animais ganharão também páginas na rede de relacionamentos Facebook. Já as melhores fotos deles, escolhidas num concurso, serão exibidas numa exposição na Lagoa, durante a Rio+20.
— Além disso, criaremos regras mais severas para concedermos licenças ambientais para construções em áreas onde esses animais vivem. Vamos ainda implantar parques nesses locais — informa Alba Lima, superintendente de Biodiversidade da Secretaria do Ambiente (SEA).
No grupo dos dez animais mais ameaçados está o mico-leão-dourado, que tem como principal refúgio a reserva de Poço das Antas, em Silva Jardim e Casimiro de Abreu. O cágado-do-paraíba e o surubim-do-paraíba são encontrados em Piraí e Volta Redonda. A preguiça-de-coleira, outro animal em extinção, é encontrada em Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Teresópolis. Formigueiro-do-litoral, lagarto-branco-de-areia e jacutinga engrossam a lista.

FONTE: O GLOBO


Clique em comentários e faça o seu comentário
Os comentários não representam a opinião do Blog. A responsabilidade é do autor de cada mensagem.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

MESMO COM DECRETO MUNICIPAL PROIBINDO A CIRCULAÇÃO DE CAMINHÕES DE GRANDE PORTE ENTRE AS VILAS DE MARINGÁ E MAROMBA, NADA MUDOU!

Já existe portaria do DER-RJ  que proíbe o tráfego de caminhões com mais de 16 toneladas e ônibus com três ou mais eixos na RJ-163 (Estrada-Parque Visconde de Mauá), estrada que da acesso as vilas e vales da região de Visconde de Mauá. A prefeitura de Itatiaia também baixou decreto que proíbe o tráfego de caminhões de grande porte aos finais de semana e feriados prolongados entre as vilas de Maringá e Maromba. Hoje aos finais de semana e feriados prolongados só é permitido circular entre as vilas de Maringá e Maromba caminhões com até seis metros de comprimento. Mas o que temos visto na pratica, é que nada mudou. 
Na estrada-parque durante a semana não tem fiscalização alguma, é comum  cruzar com carretas de até seis eixos transitando na estrada-parque, mesmo com a proibição. E entre as vilas de Maringá e Maromba nem placa informando tal proibição, foi fixada na entrada da Vila de Maringá, e os caminhões circulam normalmente mesmo após a proibição. Tanto DER-RJ, como DETRA - departamento de transito da  prefeitura de Itatiaia, não tem feito a fiscalização, portando a portaria do DER e o Decreto da prefeitura de Itatiaia, não estão sendo compridos e os transtornos continuam sem que providências sejam tomadas para que as leis sejam compridas.

VEJA ABAIXO VÍDEO FEITO HOJE (08/06/12) NA VILA DE MARINGÁ  EM PLENO FERIADO PROLONGADO DE CORPUS CHRISTI  



MATÉRIA DA TV RIO SUL SOBRE O FERIADO DE CORPUS CHRISTI