Solicitar reparos na iluminação pública

sábado, 6 de julho de 2013

MORADORES DE VISCONDE DE MAUÁ PROTESTAM E FECHAM A ESTRADA





Nesta sexta feira ( 5/07/2013 ) as 17:00h. moradores da região de Visconde de Mauá realizaram uma manifestação na entrada da Vila de Mauá, insatisfeitos com o estado de abandono do bairro Lote -10 e da Vila de Mauá por parte da prefeitura municipal de Resende, manifestantes fecharam por três horas a RJ -163 principal estrada de acesso para a região de Visconde de Mauá.
Manifestantes com faixas, cartazes e caras pintadas cantavam e gritavam em coro por, creche, saúde, educação e pavimentação das ruas do Lote -10 entre outras tantas reivindicações. Por volta das 19:00h. os manifestantes liberaram a estrada e encerraram a manifestação.
O prefeito de Resende José Rechuan já  havia recebido no final da tarde de quinta feira (4/07) uma comissão formada por moradores de Visconde de Mauá. A reunião teve o objetivo de discutir investimentos previstos pela prefeitura para a região.  
Saiba mais sobre reunião com o prefeito: CLIQUE AQUI

Trecho entre  a Vila de Mauá e Lote -10, bem em frente a escola e posto de saúde
A construção de uma creche é esperada há muitos anos pela comunidade


Um comentário:

  1. Que linda a manifestação dos moradores da vila de Mauá! Estamos todos conscientes das mudanças que requerem urgência em nosso país. É emocionante verificar que as manifestações não ocorrem só nas grandes capitais. Protestar e reivindicar é um direito do povo. Somos brasileiros: em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre... No alto de uma montanha, onde não há o burburinho das grandes cidades, onde pessoas não se acotovelam para atravessar um sinal de trânsito, onde a violência não reina, também a população se manifesta, exigindo os seus direitos e cobrando a realização das promessas de campanha. Esperemos que após esse ato de coragem dos moradores da Vila de Mauá, a população das outras Vilas da região também acordem, saiam de suas casas e prossigam pelas ruas, pacificamente, reivindicando as melhorias que merecem. Esperemos...

    ResponderExcluir