Solicitar reparos na iluminação pública

terça-feira, 1 de abril de 2014

AMPLA NÃO TEM FEITO ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIA NAS VILAS DE MARINGÁ E MAROMBA NA REGIÃO DE VISCONDE DE MAUÁ



Nesta segunda-feira (31/03) as 18 horas e 40 minutos foi cortado o fornecimento de energia elétrica para as Vilas de Maringá, Maromba na região de Visconde de Mauá, devido a queda de um poste de energia. Entre o posto de combustível na estrada RJ-151 até o alto da vila da Maromba, todos ficaram as escuras sem fornecimento de energia elétrica, desta vez o apagão durou 19 horas. 

Clientes da AMPLA em Maringá e Maromba reclamam que após registarem os pedidos de solicitação de reparos via central de atendimento da AMPLA (TEL: 0800 2800 120), a equipe do PLANTÃO de EMERGÊNCIA da AMPLA tem demorado entre 12 ou até 19 horas para  fazer o atendimento de emergência. O descaso da AMPLA tem causado muitos prejuízos aos moradores e comerciantes de toda região, pois toda semana tem ocorrido cortes no fornecimento de energia por algum problema na rede de distribuição, seja por falta de manutenção ou por queda de galhos ou árvores devido a falta do serviço preventivo de poda de galhos e árvores sobre a rede elétrica. 


No caso de hoje a equipe de emergência só chegou ao local as 11 horas da manhã de hoje (01/04), 16 horas após o pedido de reparo ter sido registrado na central de atendimento da AMPLA. 
Pela quantidade absurda de vezes que a região de Maringá e Maromba tem ficado as escuras, e a comprovada demora no atendimento da equipe que deveria ser de PLANTÃO de EMERGÊNCIA em atender as solicitações dos clientes, tem levado aos moradores da região a entender que a EMPRESA DE ENERGIA AMPLA não tem nenhuma equipe de plantão para fazer os atendimentos de emergência na região de Visconde de Mauá.  

TELEFONES
Um cabo de fibra óptica da empresa de telefonia Oi, também foi rompido com a queda do poste, uma equipe de reparos da empresa já encontra-se no local realizando os reparos e informou que os telefones fixos voltam a funcionar ainda hoje ao final da tarde.


Nenhum comentário:

Postar um comentário