Solicitar reparos na iluminação pública

sábado, 21 de novembro de 2015

REGIÃO TURÍSTICA DE VISCONDE DE MAUÁ NA REVISTA ESTILO DO BB


A charmosa região na Serra da Mantiqueira encanta com suas paisagens surpreendentes, passeios relaxantes e opções sofisticadas de hotéis e restaurantes.



Localizada entre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, a Região de Visconde de Mauá é composta por três vilas, divididas entre os municípios de Resende, Itatiaia e Bocaina de Minas. A partir da Rodovia Presidente Dutra é possível admirar a Pedra Selada, que, junto com o Pico das Agulhas Negras, é considerado um dos cartões postais.
O Núcleo Colonial Visconde de Mauá, nome original da região, foi criado em 1908, depois que o visconde Henrique Irineu de Souza herdou de seu pai as terras que haviam sido concedidas pela coroa brasileira para exploração de madeira.
A região passou a receber imigrantes europeus, em especial da Suíca, Alemanha, Áustria, Portugal, França, Espanha, Polônia, Hungria e Rússia. As primeiras pousadas são obra de algumas das famílias do velho continente que lá aportaram. Em 1916, o núcleo foi emancipado e, desde a fundação da comunidade hippie, nos anos 70, Visconde de Mauá tem recebido turistas em busca de descanso e belezas naturais.
Primeira a ser criada, a Vila de Visconde de Mauá, concentra os principais serviços turísticos, incluindo lojas, restaurantes, central de informações, além de abrigar o Centro Cultural da Região.
A Vila de Maringá é parte mineira e parte fluminense, cortada pelo Rio Preto, e reúne sofisticação e simplicidade. Aqui, estão localizados hotéis, pousadas, lojas de artesanato, bares, restaurantes, e a Alameda Gastronômica Tia Sôfia, um boulevard que atrai os amantes de um bom vinho ou chocolate quente.
Para quem está em busca de contato com a natureza, a Vila de Maromba preserva a atmosfera do movimento hippie da década de 70 e reúne opções de artesanato, restaurantes e pousadas. Nas noites frias, a fogueira da praça é ponto de encontro dos turistas. Maromba é a primeira das três vilas a receber as águas límpidas que descem do Parque Nacional de Itatiaia e ostenta as mais belas cachoeiras da região, como a cachoeira do Escorrega, com um tobogã de 25 metros.
Rios, cachoeiras e piscinas naturais de águas cristalinas atraem turistas de todos os cantos do Brasil, que podem curtir a natureza sem abrir mão da sofisticação. A Mauá Brasil, por exemplo, fica em um dos pontos mais altos da Serra, estendendo-se por uma área de 43 hectares, com 15 chalés com enxoval Trussardi, banheira hidromassagem para duas pessoas, lareira, máquina de café expresso Illy e, em algumas das acomodações, sauna privativa e ofurô.
Por sua localização privilegiada, a pousada oferece conforto e privacidade aos hóspedes, com estrutura que inclui jardins, restaurante de cozinha contemporânea, deck, piscina, sauna, bar, sala de massagem, fitness, quadra de tênis, heliponto e estacionamento.
A região tem clima frio a ameno, chegando a temperaturas entre -2º e 13ºC no inverno. No verão é comum haver chuvas vespertinas, com variação entre 8 a 27 ºC. Independente da época do ano, é possível fazer trilhas em veículos off-road, cavalgadas, passeios até a Cachoeira da Fumaça, a maior corredeira do Rio de Janeiro e de Minas Gerais.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

DETRO FARÁ AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DEBATER LICITAÇÃO DE ÔNIBUS INTERMUNICIPAIS


Foto: Reprodução Internet 

Nesta sexta-feira (9) irá acontecer em Volta Redonda audiência pública
para debater licitação das linhas de ônibus intermunicipais 




Está marcada para esta sexta-feira dia 9, em Volta Redonda, a quarta audiência pública da licitação do sistema de ônibus intermunicipal. O objetivo é ouvir as sugestões e demandas da população sobre suas necessidades no transporte público intermunicipal por ônibus. Realizado pela Secretaria de Estado de Transportes, por meio do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), o evento começará às 10 horas, no Sesi, no Aterrado.
As audiências públicas são o primeiro passo do processo que contratará operadores para atuarem no sistema de transporte coletivo público por ônibus no estado do Rio. O projeto prevê a licitação para empresas ou consórcios por 20 anos e maior integração com os demais modais, racionalizando os trajetos e melhorando o serviço aos usuários. As empresas ou consórcios interessados em participar da licitação terão que cumprir as exigências de qualificação técnica estabelecidas pelo governo do estado e a concorrência será definida pelo maior valor de outorga. Esta é a primeira vez que um processo licitatório dessas características será realizado pelo estado.

No total, serão 12 audiências públicas, tendo as três primeiras ocorrido em São Gonçalo, Duque de Caxias e Nova Iguaçu. Para participar, basta se se cadastrar no site do Detro (www.detro.rj.gov.br) e encaminhar as questões. Os organizadores salientam ser importante a presença dos cadastrados na audiência para que suas dúvidas sejam discutidas. A população também pode cadastrar sua questão no dia, antes do início da audiência e até o limite da capacidade do local, que é para cerca de 100 pessoas.