Solicitar reparos na iluminação pública

terça-feira, 14 de junho de 2016

SECRETÁRIO DO AMBIENTE INAUGURA TRILHA DO VISCONDE NO PEPS


Foto: Cláudio Lopes

Andre Correia Participou de Plantio de Mudas 
e inaugurou trilha no Parque Estadual da Pedra 
Selada na região de Visconde de Mauá  


Em comemoração a semana do meio ambiente o secretário estadual da pasta, sr. Andre Correia, inaugurou hoje na região de Visconde de Mauá a Trilha do Bosque do Visconde, o evento teve plantio de mudas de árvores frutíferas da Mata Atlântica na trilha do bosque e caminhada no percurso, a trilha é localizada na Vila de Visconde de Mauá, município de Resende RJ, ao lado da sede do Parque Estadual da Pedra Selada o PEPS. 


Foto: Cláudio Lopes

Esse é o primeiro atrativo executado pela Equipe de Guardas Parques do PEPS, foi estruturado através do projeto do INEA de fortalecimento e implantação da gestão do uso público para o incremento da visitação nos parques estaduais do estado do Rio de Janeiro, com coordenação do Instituto Terra de Preservação ambiental (ITPA).  


foto: PEPS

Foto: Olímpia S. Moreas
Alunos das escolas da região de Visconde de Mauá participaram do plantio de mudas




Uma nova trilha de aproximadamente um quilômetro corta o Bosque do Visconde, parte do Parque Estadual da Pedra Selada, na região de Visconde de Mauá. Caminho que agora ganha mais verde com o plantio de 800 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica.


Criado pelo Decreto Estadual nº 43.640, de 15 de junho 2012, com área total aproximada de 8.036 hectares, em parte dos municípios de Resende e Itatiaia.
Primeira e ainda única unidade de conservação de proteção integral estadual presente na Serra da Mantiqueira, forma importante corredor ecológico com o Parque Nacional do Itatiaia e com outras UCs públicas e privadas próximas, protegendo as nascentes de rios contribuintes de algumas das principais bacias hidrográficas da Região Sudeste – Paraná e Paraíba do Sul –, contribuindo para a preservação das cadeias de montanha em que está situado o extraordinário monumento geológico representado pelo grupo de picos que compõem a Pedra Selada.
Tem o objetivo de preservar as populações de animais e plantas nativas e oferecer refúgio para espécies migratórias, raras, vulneráveis, endêmicas e ameaçadas de extinção da fauna e flora nativas como a floresta atlântica, os remanescentes de bosques de araucária e os campos de altitude.
Ao proporcionar oportunidades de visitação dentro de seus limites, recreação, interpretação, educação e pesquisa científica, o parque cumpre seu papel de estímulo ao desenvolvimento do turismo em bases sustentáveis, contribui para o desenvolvimento regional, abrindo oportunidades para pequenos e médios empreendimentos, gerando empregos e renda na atividade turística nas zonas rurais fluminenses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário