Solicitar reparos na iluminação pública

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Seis mil pessoas foram imunizadas contra a Febre Amarela em Itatiaia



O objetivo é vacinar 100% da população dentro da faixa etária estabelecida pela Secretaria Estadual de Saúde

O trabalho de bloqueio vacinal contra a febre amarela segue em Itatiaia com vacinação nas Unidades de Saúde de segunda a sexta-feira. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, da Meta de imunização de 26 mil pessoas, o que  corresponde a uma cobertura de 100% da população, até o momento cerca de 6 mil já foram vacinadas.

Além da Policlínica Municipal, no Centro, as unidades de Estratégia de Saúde da Família da Vila Esperança, Vila Magnólia, Vila Flórida, Penedo, Campo Alegre I / II, Maromba e UBS Marechal Jardim estão oferecendo as vacinas das 8h às 16h, até o dia 24 de março.

- Nosso objetivo é vacinar 100% da população dentro da faixa etária estabelecida pela Secretaria Estadual de Saúde que é de nove meses a 59 anos 11 meses e 29 dias, mas lembramos que para os idosos,  maiores que 60 anos, é necessário a apresentação da recomendação médica para realizar o procedimento - explicou a  coordenadora de programas de Saúde,  Andréia Rocha.

Apesar de não haver registros de febre amarela no município, o ressurgimento de um grande número de casos suspeitos da doença no país deixou a população em alerta.

- As pessoas estão atentas aos casos que surgiram no país e tem procurado as unidades de saúde para serem imunizadas, porém vale lembrar que em 2008 também tivemos a vacinação no município e a imunização é valida por 10 anos - disse a coordenara de imunização, Andreia Millen.

Para se vacinar é necessária a apresentação de um documento de identificação com foto e comprovante de residência, salvo os registrados na unidade de Saúde e identificado pelo assistente de Saúde

Região de bloqueio
Apesar do Estado do Rio não configurar como região endêmica, 14  municípios, entre eles Itatiaia foram incluídos na estratégia de intensificação vacinal com o intuito de criar uma região de bloqueio contra o avanço da doença. As cidades ficam no Norte e Noroeste do estado, próximas à divisa com Minas Gerais e Espírito Santo

Fonte: PMI

Nenhum comentário:

Postar um comentário