Solicitar reparos na iluminação pública

terça-feira, 18 de abril de 2017

Governo do Estado e prefeituras podem firmar parcerias para realizar melhorias na Estrada Parque de Visconde de Mauá

Encontro em Visconde de Mauá reuniu representantes do Governo do Estado do Rio de Janeiro, prefeitos e secretários municipais de Resende e Itatiaia



Que a RJ-163 (Estrada Parque), precisa de intervenções urgentes, todos os moradores da Região de Visconde de Mauá já sabem. Há bastante tempo, a população local, bem como turistas e produtores rurais sofrem com os enormes buracos e pela dificuldade em visualizar a sinalização por conta da vegetação alta ao longo da estrada. Porém, uma boa notícia surgiu na manhã desta terça-feira (18), durante encontro entre poder público, moradores e de lideranças comerciais locais.

Embora toda a manutenção da via seja de responsabilidade do Governo do Estado, a Prefeitura de Resende se comprometeu em dar início à Operação Tapa Buraco na RJ-163. 



O encontro contou com a presença do diretor executivo da Câmara Metropolitana Estadual, Vicente Loureiro, que, na companhia de técnicos do DER, representou o governador Luiz Fernando Pezão. Uma possibilidade debatida pelo Estado foi a gestão compartilhada do Pórtico do Visconde na Capelinha e cobrança temporária de taxa ambiental para veículos de serviço, porém entre todas as possibilidades debatidas um mutirão incluindo todos os entes públicos presentes foi a mais aplaudida pelos participantes da reunião, dentre os quais, integrantes do Parque Estadual da Pedra Selada, Mauatur, ACVM, Associação Comercial de Visconde de Mauá, Ama 10, o prefeito de Itatiaia, Eduardo Guedes, além de secretários municipais dos dois municípios.


- O patamar de relação entre os componentes deste grupo é de enorme qualidade técnica e integração com a pauta e com a região. Em muitos anos visitando e desenvolvendo projetos ligados a este local, nunca vi a presença de dois prefeitos atuando em parceria para fomentar uma ação de infraestrutura exclusivamente voltada para a qualidade de vida da população. O diálogo entre as esferas de governo e também com a comunidade estava prejudicado nos últimos tempos – ressalta Vicente Loureiro.






Fonte: Divulgação PMR

Nenhum comentário:

Postar um comentário